Taça de Portugal 2017: Bombarralense uniu-se mas não chegou para vencer

Taça de Portugal 2017: Bombarralense uniu-se mas não chegou para vencer

A equipa marcou presença com os ciclistas Francisco Duarte, Francisco Guerreiro, Leonel Firmino, Rafael Costa, Guilherme Simão, Bruno Valentim, António Pintassilgo e Wilson Esperança, com o objectivo de levar para casa o triunfo final na classificação colectiva

39

Nos dias 20 e 21 de Maio, o Sport Clube Escolar Bombarralense, com a sua equipa júnior, a Sicasal – Liberty Seguros – Bombarralense, marcou presença nas 4ª e 5ª provas da Taça de Portugal, em Penafiel e Braga, respectivamente.

A equipa marcou presença com os ciclistas Francisco Duarte, Francisco Guerreiro, Leonel Firmino, Rafael Costa, Guilherme Simão, Bruno Valentim, António Pintassilgo e Wilson Esperança, com o objectivo de levar para casa o triunfo final na classificação colectiva.

No Sábado, a Bombarralense entrou nas diversas fugas que se constituíram. Numas delas, Francisco Guerreiro venceu o prémio de montanha, levando a camisola distintiva para casa. A referida fuga onde Guerreiro entrou foi anulada, formando-se nova fuga onde Leonel Firmino entrou e acabou fechando o pódio da 4ª prova da Taça de Portugal. A equipa foi 4ª colectivamente no final do dia.

No Domingo, o objectivo passou igualmente por entrar nas fugas. Francisco Guerreiro e Guilherme Simão cumpriram esse objectivo, entrando numa fuga intermédia, enquanto Wilson Esperança ganhava as duas metas volantes do dia. No ponto-chave da corrida, no início da subida ao Bom Jesus de Braga, Francisco Guerreiro furou.

Um balde de água fria quanto às aspirações da equipa. No entanto, a equipa ergueu a cabeça e uniu-se em prol de trazer o jovem trepador de novo ao pelotão, que já se encontrava muito reduzido. Francisco recolou mas o desgaste não lhe permitiu obter o resultado desejado. Leonel Firmino atacou no pelotão na parte final para fazer a ponte entre o pelotão e a frente da corrida. Não o conseguiu fazer, mas chegou no grupo intermédio, finalizando no 11º lugar.

Nas contas finais, o Bombarralense finaliza a Taça de Portugal deste ano no 4º lugar em termos colectivos, com Leonel Firmino em 9º na geral individual. A equipa congratula todos os vencedores da presente edição da Taça.