Taça das Confederações: Alemanha vence Chile e conquista competição pela 1ª vez

Taça das Confederações: Alemanha vence Chile e conquista competição pela 1ª vez

Um erro bastou para decidir o vencedor desta edição da Taça das Confederações: aos 20 minutos Marcelo Diaz não soltou a bola rapidamente, perdeu para Timo Werner e este assistiu Stindl, o marcador do único golo

37

AlemanhaA Selecção “A” da Alemanha venceu a sua congénere do Chile, por 1-0, em jogo a contar para a Final da Taça das Confederações, disputado no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo (Rússia).

Depois do empate a um golo na Fase de Grupos, as duas equipas partiram para este jogo decisivo com muitas cautelas, especialmente defensivas, pois sofrer 1 golo poderia ser fatal.

De facto, um erro bastou para decidir o vencedor desta edição da Taça das Confederações, pois aos 20 minutos Marcelo Diaz não soltou a bola rapidamente e perto da sua grande área foi pressionado por Timo Werner.

O alemão roubou a bola ao chileno e partiu isolado para a baliza de Cláudio Bravo, que ainda fez a “mancha”, mas foi incapaz de evitar o passe para Lars Stindl, que completamente sozinho e com a baliza aberta de “par em par”, atirou o esférico para o fundo da mesma.

A perder, o Chile tentou reagir, conseguiu algumas boas oportunidades, mas já se sabe que a equipa alemâ defende muito bem e, por isso, os sul-americanos nunca conseguiram os seus intentos.

Destaque ainda para o facto do árbitro Milorad Mazic cometer alguns erros, especialmente depois de verificar as imagens do vídeo-árbitro e de receber a opinião (quase sempre acertada) do árbitro português Artur Soares Dias.

Com esta vitória, a Alemanha conquista a sua 1ª Taça das Confederações e parte como a grande favorita a levantar o ceptro mundial, no próximo grande evento a disputar também em terras russas.