Taça CTT: Sp. Braga vence Belenenses por 2-1 e assume liderança do...

Taça CTT: Sp. Braga vence Belenenses por 2-1 e assume liderança do Grupo D

31

O Sp. Braga recebeu e venceu o Belenenses, por 2-1, em jogo a contar para a 1ª Jornada do Grupo D da 3ª Fase da Taça CTT, disputado no Estádio Municipal de Braga, na cidade dos arcebispos.

Depois da pausa para as festividades do Natal, os jogadores dos dois conjuntos entraram em campo dispostos a marcar golos e somar 3 pontos no último desafio do ano civil.

No entanto, os primeiros 15 minutos foram dominados inteiramente pelo Sp. Braga, que chegou ao golo neste período, por intermédio de Pedro Santos, depois de uma jogada de ataque do clube “arsenalista”.

A perder, o Belenenses desceu ainda mais de produção e acaba por sofrer o 2º golo, marcado por Rui Fonte (aos 31 minutos) num lance de insistência da equipa bracarense.

Até ao intervalo, destaque apenas para a expulsão de João Amorim, à passagem do minuto 43, por uma entrada mais dura sobre um adversário; este lance iria estar na origem do “caso” do jogo, que aconteceu pouco depois.

Vinte minutos depois, quando o árbitro e o Sp. Braga estavam preparados para começar a segunda metade, os jogadores do Belenenses não apareciam e o público no estádio começava a ficar impaciente.

Só 5 minutos depois, é que os “azuis” aparecerem lentamente e sem muita vontade para reatar a partida; os atletas desfizeram-se em desculpas, houve ainda uma substituição para “disfarçar” a tensão, mas a segunda parte só começou após Rui Pedro Soares (Presidente do Belenenses) ter sido expulso do banco, por protestos.

Soube-se depois que este atraso foi propositado e surgiu após uma reunião entre os jogadores do Belenenses, que não queriam regressar para a segunda parte, pois consideravam que estavam a ser prejudicados claramente pela equipa de arbitragem.

Por respeito ao Sp. Braga, à Liga e à competição, os “azuis” jogaram os segundos 45 minutos, mas avisam que não vão tolerar mais erros de arbitragem, nesta ou em qualquer competição.

Depois da expulsão de Hassan, aos 54 minutos, por duplo amarelo, após uma jogada mais ríspida entre o avançado egípcio e o guarda-redes Ricardo Ribeiro, que ficou maltratado.

Até ao derradeiro minuto, o Belenenses tentou chegar ao golo, mas só o conseguiu aos 89 minutos, por intermédio de Tiago Caeiro, que foi um dos melhores elementos em campo.

Com este resultado, o Sp. Braga assume a liderança do Grupo D, e espera agora pelo desfecho do jogo entre o Leixões e o Rio Ave, para saber se termina a ronda inaugural isolado ou na companhia de outro clube.