Taça Cidade do Barreiro: Final entre FC Barreirense e GD Fabril no...

Taça Cidade do Barreiro: Final entre FC Barreirense e GD Fabril no dia 5 de Fevereiro

A Final da Taça Cidade do Barreiro realiza-se no Campo da Verderena, com a receita a reverter a favor do Centro Social de Santo André (CSPSA)

43

A 4ª Taça Cidade do Barreiro em futebol teve, ao final da tarde de ontem, Terça-feira, 24 de Janeiro, o seu Evento de Lançamento, que contou com a presença de inúmeras figuras do futebol actual e antigas glórias. A final da Taça, que colocará frente-a-frente os históricos FC Barreirense e GD Fabril (antiga CUF), está agendada para 5 de Fevereiro, às 15h00, no Campo da Verderena, com a receita a reverter a favor do Centro Social e Paroquial de Santo André (CSPSA) – Casa dos Rapazes.

Os ingressos, com o valor simbólico de ‘duas bolas’, encontram-se já disponíveis no Posto de Turismo da CMB e AMAC – Auditório Municipal Augusto Cabrita, e, no dia do jogo, no Campo da Verderena.

Na Sala de Sessões dos Paços do Concelho estiveram, ontem, entre os muitos ‘nomes’ notados, os antigos jogadores Manuel Fernandes (Sporting e GD Fabril), Adolfo Calisto (Benfica e FC Barreirense) e António Pereira ‘Lança’ (Luso FC; anos 50), o ex-árbitro Internacional Carlos Valente – estes quatro ‘padrinhos’ da edição 2017 –, José Augusto (antigo jogador do Benfica e FC Barreirense) – ‘padrinho’ da edição do ano passado –, os presidentes do FC Barreirense, José Paulo Rodrigues, do GD Fabril, António Fernandes, do Luso FC, Rui Pereira, e do Núcleo de Confraternização de Árbitros de Futebol do Barreiro (NCAFB), Nuno Roque, o Vice-Presidente da Associação de Futebol de Setúbal (AFS), Carlos Sevilha, o ex-Presidente da AFS (mandato 2012/16), Joaquim Sousa Marques, pela CSPSA – Casa dos Rapazes, o Padre Armando Azevedo, entre vários representantes das actuais equipas que disputam o troféu.

Estiveram ainda, em representação da Câmara Municipal do Barreiro (CMB), o Presidente, Carlos Humberto de Carvalho, e a Vereadora responsável pelo Desporto, Regina Janeiro.

Os presentes foram unânimes em sublinhar o cariz solidário do evento e a união de esforços em prol do Concelho, do desporto e da modalidade. A sessão acabou por ser também um desfiar de memórias. Várias vezes foram lembrados os dérbis FC Barreirense – CUF, comparando-os aos Benfica – Sporting da actualidade.

Recorde-se que o FC Barreirense obteve o apuramento para a final após bater o Luso FC no jogo de qualificação, realizado no Campo da Verderena, a 28 de Dezembro, por 5-0 (ao intervalo 2-0), em partida com arbitragem de Fábio Varanda, coadjuvado por Miguel Neto e Pedro Baltazar.