Supercross: Campeonato decide-se em Lousada

Supercross: Campeonato decide-se em Lousada

192

A pista de Lustosa, perto de Lousada, recebe já na noite de amanhã (22 de Agosto), a derradeira e decisiva prova do campeonato nacional de Supercross. Hugo Basaúla e Sandro Peixe são os líderes das três classes maiores do campeonato e são os naturais favoritos ao título final, mas entre os Infantis tudo está igualmente em aberto.

Com três provas já realizadas e seis pontuações discutidas, Hugo Basaúla chega ao fecho do campeonato nacional de Supercross com maior dose de favoritismo face aos seus adversários, fruto das cinco vitórias conseguidas tanto em Elite como em SX1 – perdeu apenas uma corrida para Joaquim Rodrigues na última ronda realizada na Poutena.

O actual campeão nacional tem uma vantagem de 12 pontos face a Rodrigues em ambas as classificações e não precisa sequer de vencer na derradeira noite do campeonato para revalidar o número 1 na especialidade. A Basaúla bastará apenas manter-se em lugares de pódio em qualquer uma das corridas a realizar na pista de Lustosa e alcançará mais um título para juntar ao seu palmarés.

Menos complicada poderá ser a conquista do ceptro em SX2 para Sandro Peixe. O jovem piloto ribatejano ainda não perdeu uma única corrida na classe e os quinze pontos de vantagem que leva para o fecho da época permitem-lhe igualmente gerir da melhor forma a derradeira noite do ano no que diz respeito ao Supercross, ele que procura igualmente manter-se na terceira posição entre a Elite, tendo uma vantagem de uma dúzia de pontos face ao quarto classificado. Peixe tem onze pontos de distância na luta pela segunda posição na classe rainha e dependerá muito de um azar de Joaquim Rodrigues para subir nessa mesma tabela classificativa.

A noite de despedida do Supercross irá igualmente decidir os resultados entre os Infantis, com a liderança entre os mais jovens – Infantis A – a pertencer ao invicto Nuno Cunha, enquanto que nos Infantis B o líder do campeonato é Fábio Costa, com oito pontos de diferença para Afonso Gomes. Costa é o líder com menor vantagem face ao adversário mais directo e as duas mangas desta classe prometem ser bastante discutidas.

Com as corridas agendadas para se iniciaram às 21 horas, a prova promete mais uma vez ter bastante adesão do público e com todos os títulos em discussão não irão certamente faltar intensas lutas no traçado.

PARTILHAR