Super Enduro: Estreantes com mais palmarés assaltam o pódio em Santo André

Super Enduro: Estreantes com mais palmarés assaltam o pódio em Santo André

229

A terceira prova do campeonato nacional Super Enduro – Multimoto levou a caravana de pilotos até Vila Nova de Santo André, onde junto ao quartel dos bombeiros locais se realizou a ronda que marcou o final da primeira metade da época deste novo campeonato nacional.

À semelhança do que aconteceu em Leiria, foram mais uma vez muitos os pilotos que marcaram presença no evento e nem mesmo um quente dia de Agosto demoveu os presentes e o público local para mais uma grande jornada de um campeonato que tem vindo a crescer em termos de popularidade desde o primeiro evento.

Naquela que foi a prova mais a sul do calendário do campeonato, surgiram novos nomes na lista de inscritos preparados e aptos a lutar lado a lado com aqueles que estão no Super Enduro desde a primeira prova. Em destaque na lista de novidades saltaram de imediato os nomes de Gonçalo Reis, actual campeão nacional de Enduro; Luís Oliveira, o líder do campeonato nacional nesta temporada; e ainda o espanhol Lorenzo Santolino, uma presença habitual nas provas portuguesas de Enduro e igualmente piloto do campeonato do mundo, onde já venceu em 2015.

Uma lista de inscritos ainda mais luxuosa com estas chegadas e que deixava a tarefa do líder do campeonato, Fernando Ferreira, bastante mais complicada se o piloto de Vila Boa de Quires quisesse repetir a vitória de Leiria.

Depois dos treinos e mangas de qualificação, a prova foi como sempre decidida nas três finais, que se realizam em cada evento, e foram mesmo os três estreantes com maior palmarés que tomaram de assalto os lugares de pódio, com Gonçalo Reis a vencer na sua prova de estreia no campeonato antes de também ele iniciar um período de férias e repouso antes do final da época.

O piloto de Magoito venceu na primeira e terceira mangas, na frente de Luís Oliveira na corrida inicial e Lorenzo Santolino no fecho da prova. Pelo meio, Luís Oliveira venceu na corrida intermédia na frente de Santolino e Reis, com este trio a trocar entre si as posições nos três primeiros lugares nas três finais. Apenas Santolino não venceu entre eles e nas contas finais foi mesmo Reis o vencedor com mais três pontos que Luís Oliveira, ficando o rápido espanhol no degrau mais baixo do pódio.

Fernando Ferreira esteve seguro na defesa da liderança do campeonato e sabendo que o trio da frente não entra nas contas do mesmo foi com três presenças no quarto posto que fechou o dia, aumentando mesmo a sua vantagem na tabela classificativa do campeonato para uns expressivos 35 pontos, pois João Lourenço, o segundo na tabela do campeonato, apenas pontuou na primeira manga, sendo forçado a abandonar nas duas seguintes com uma avaria na corrida intermédia e uma queda na despedida do evento. A fechar o lote dos cinco primeiros ficou Diogo Vieira, com o campeão nacional de trial a conseguir subir ao sétimo posto do campeonato.

A próxima prova do campeonato nacional Super Enduro – Multimoto realiza-se no próximo dia 23 de Agosto em Vilarandelo, uma freguesia do concelho de Valpaços. Será a penúltima ronda do ano e Fernando Ferreira terá aí uma primeira oportunidade de resolver a questão do ceptro final.

Classificação final

1º Gonçalo Reis, KTM, 55 pontos
2º Luís Oliveira, Yamaha, 52
3º Lorenzo Santolino, Sherco, 49
4º Fernando Ferreira, Yamaha, 39
5º Diogo Vieira, Honda, 29
6º Joel Vieira, KTM, 29
7º André Mouta, KTM, 28
8º Albano Mouta, KTM, 23
9º Tomás Clemente, KTM, 20
10º João Lourenço, Kawasaki, 10

Campeonato (após 3 provas)

1º Fernando Ferreira – Yamaha, 146 pontos
2º João Lourenço – Kawasaki, 111
3º André Mouta – KTM, 110
4º João Vivas – Beta, 81
5º Joel Vieira – KTM, 78

PARTILHAR