Liga NOS: Sporting vence Feirense e apanha Sp. Braga no 3º lugar...

Liga NOS: Sporting vence Feirense e apanha Sp. Braga no 3º lugar da classificação

O bis de Bas Dost obtido logo nos primeiros minutos deu mais 3 pontos ao Sporting, que permitem ao clube lisboeta apanhar o rival de Braga

38

O Sporting recebeu e venceu o Feirense, por 2-1, em encontro a contar para a 16ª Jornada da Liga NOS 2016/2017, disputado este Domingo no Estádio José Alvalade II, em Lisboa.

Depois da confusão provocada por todos os elementos da equipa técnica leonina na passada 4ª Feira, devido ao polémico penalty assinalado a favor do V. Setúbal e que ditou a eliminação dos “leões” da Taça CTT, o Sporting queria um jogo calmo e sem casos para acalmar as hostes e partir para um resto de 2017 cheio de sucessos.

Para festejar o primeiro jogo em casa, o Sporting ditou que este Domingo seria o Dia Sporting com surpresas para todos, sendo a maior a apresentação das equipas de Atletismo para a temporada que começa no próximo mês de Fevereiro.

Depois do apito inicial do árbitro Bruno Esteves, a festa continuou, com 2 remates certeiros de Bas Dost, o segundo dos quais irregular, pois a jogada começa com um fora-de-jogo não assinalado a Alan Ruiz.

Com uma vantagem de 2 golos, foi altura para descansar e começar a rodar a equipa, pois do lado contrário o Feirense não causava perigo (o único lance digno de registo na primeira parte foi um remate de Cris, que Ricardo Esgaio cortou com o peito).

Jorge Jesus, que estava castigado e assistiu ao jogo num dos camarotes do estádio com um telemóvel, pediu calma ao seu adjunto, que já tinha colocado alguns elementos a aquecer.

Já se sabe que o treinador do Sporting só gosta de fazer substituições na segunda parte, mas desta vez até correu bem, pois Adrien Silva sofre uma entrada dura (joelhada no pescoço) e tem de sair do relvado com um colar cervical; ainda antes do intervalo, o Presidente do Sporting acompanha o atleta até este entrar numa ambulância e ser transportado ao hospital mais próximo para realizar exames complementares.

Na segunda metade, os “leões” voltaram a entrar fortes e determinados, mas o golo de Platiny aos 61 minutos colocou alguma tensão no relvado e nas bancadas, pois mais um golo do Feirense, até “caído do céu”, podia complicar as contas.

Sem Adrien Silva, sem Rui Patrício e sem Jorge Jesus (as vozes de comando em campo), o Sporting sentiu muitas dificuldades para manter a vantagem até ao final dos 90 minutos regulamentares.

A verdade é que conseguiu, somou os 3 pontos, apanhou o Sp. Braga no último lugar do pódio e ficou a 2 pontos do FC Porto, que continua na perseguição ao líder Benfica, que nesta ronda aumentou a sua vantagem para o 2º classificado.