Skate Challenge 2017: Gustavo Ribeiro sagra-se tricampeão aos 16 anos

Skate Challenge 2017: Gustavo Ribeiro sagra-se tricampeão aos 16 anos

O novo Skate Parque da Maia acolheu, este fim-de-semana, a Grande Final do DC Skate Challenge by MOCHE, onde Gustavo Ribeiro, Daniel Ferreira e Daniel Santos foram coroados Campeões de Skate Profissional, Amador e Iniciados.

33

DC Skate Challenge by Moche 2017 - CampeõesO novo Skate Parque da Maia acolheu, este fim-de-semana, a Grande Final do DC Skate Challenge by MOCHE, onde Gustavo Ribeiro, Daniel Ferreira e Daniel Santos foram coroados Campeões de Skate Profissional, Amador e Iniciados.

Com dois títulos já decididos antes da Final, a expectativa de saber quem seriam os novos Campeões de Skate residia apenas na Categoria Amador. Mas para ‘compensar’ o entusiasmo de conhecer o novo Skate Parque da Maia era enorme e ninguém quis faltar à derradeira etapa do DC Skate Challenge by MOCHE 2017.

Sábado, logo pela manhã, o Skate Parque ficou repleto de gente, que assistiu à abertura oficial das rampas e que aproveitou para estrear o mais recente espaço de skate.

Os Iniciados foram os primeiros a competir e entraram em prova cheios de motivação. A criação de um prémio para o Melhor Sub 12 em prova, levou a que muitos miúdos se inscrevessem pela primeira vez. Este prémio foi entregue a Madú Teixeira, do Porto, que com apenas 8 anos, conseguiu chegar às Finais e terminou a prova em 6º lugar.

Daniel Santos, de Palmela, já tinha o título de Campeão desta categoria garantido e não deixou escapar mais uma vitória no Circuito, deixando Fernando Abrantes, da Amadora, em 2º e Jawed Diot, de Lagos, na 3ª posição do pódio.

E se a categoria dedicada aos mais novos foi ‘dominada’ pelos skaters do Sul do Pais, nos Amadores, o skate do Norte voltou a mostrar que continua a crescer, com muitos nomes a ganhar espaço no panorama do skate nacional.

Pelo segundo ano consecutivo, o título desta categoria do DC Skate Challenge by MOCHE 2017 foi parar às mãos de um skater da Póvoa de Varzim. Daniel Ferreira venceu a etapa e foi coroado Campeão Amador este fim-de-semana, na cidade da Maia.

Tem sido notório o destaque e a evolução que os skaters do Norte do País têm tido nos últimos anos. Se, por um lado, o ‘crescimento’ de portuense Jorge Simões, um dos maiores ícones do skate nacional, tem ajudado ao reconhecimento e divulgação do skate nesta zona do país, também é verdade que o aparecimento de bons skate-parques têm contribuído, e muito, para que surjam cada vez mais e melhores skaters nortenhos a fazer-se representar nas provas nacionais.

Maia passa agora a fazer parte do roteiro dos skaters nacionais e tem tudo para fazer ‘nascer’ e crescer grandes valores para o skate português.

Na Categoria Pró, o nível esteve bem alto logo nas Eliminatórias, com Gustavo Ribeiro a apurar-se em 1º, com Jorge Simões e Nuno Cardoso, ambos do Porto, empatados na 2ª posição e Tiago Lopes, em 4º. Destaque também para Guilherme Lima, que venceu o prémio Rookie of the Year.

Domingo, teria sido um dia perfeito, não fosse a chuva que impediu a realização das Finais desta categoria. Assim, e de acordo com o regulamento, as classificações finais da etapa foram ditadas pelos resultados do dia anterior.

Mas nem a chuva conseguiu desanimar todos os que compareceram na Grande Final do DC Skate Challenge by MOCHE 2017, que terminou em ambiente de festa com Gustavo Ribeiro, Daniel Ferreira e Daniel Santos a serem coroados Campeões Nacionais de Skate 2017.

Para o Radical Skate Clube, organizadores do Circuito há 27 anos, é impossível descrever por palavras, estes dois dias que encerraram DC Skate Challenge by MOCHE 2017.

O apoio incondicional da Câmara Municipal da Maia a todas as necessidades dos atletas, o empenho da crew de skate da Maia, que literalmente ‘suou’ até ao último minuto para deixar o parque limpo e pronto para acolher todos os skaters e o entusiasmo dos skaters do Norte por receberem, pela primeira vez na história do skate nacional, uma Final de um Circuito Nacional, tornaram esta etapa inesquecível para todos os que lá estiveram.

Foi um fim-de-semana épico, que fechou com ‘chave de ouro’ o DC Skate Challenge by MOCHE 2017. De parabéns estão todos os competidores, mas também as entidades que apoiam o skate em Portugal.

Por isso, o Radical Skate Clube não pode deixar de agradecer à DC Shoes, parceiro de longa data e que torna possível a realização deste circuito; à MOCHE, por acreditar e apoiar o skate português; à RED BULL, que continua a dar asas aos skaters nacionais; à Ericeira Surf & Skate, JART e Mr.Pizza, pelo seu apoio ao Circuito; à ONSK8 e Surge, por divulgarem o melhor do skate em Portugal; e a todos os outros parceiros que tornaram possível e ajudaram no sucesso do DC SKATE CHALLENGE by MOCHE 2017.