Sevilha vence Zenit por 2-1 e parte em vantagem para o encontro...

Sevilha vence Zenit por 2-1 e parte em vantagem para o encontro da 2ª Mão

18

O Sevilha recebeu e venceu, esta 5ª Feira, os russos do Zenit S. Petersburgo, por 2-1, em jogo a contar para a 1ª Mão dos Quartos-de-Final da Liga Europa, disputado no Estádio Ramon Sanchez Pizjuan, em Espanha.

Depois de conhecida a sorte das equipas nesta eliminatória, previa-se que o desafio entre os detentores do títulos e os “milionários” russos fosse o mais equilibrado, e não defraudou as melhores expectativas, pois houve muita emoção, boas jogadas e incerteza quanto ao vencedor até ao derradeiro minuto.

Começou melhor a equipa orientada por André Villas-Boas, que chegou à vantagem ao minuto 29, por intermédio de Ryazantsev, aproveitando um enorme erro da defensiva sevilhana.

Até ao intervalo, o Zenit teve algumas oportunidades para dilatar o marcador, mas Sérgio Rico (que substituiu Beto, o habitual titular, que se encontra lesionado) impediu que o Sevilha sofresse males maiores.

Na segunda metade, a formação espanhola surgiu mais atrevida e conseguiu chegar ao empate à passagem do minuto 72, por intermédio de Carlos Bacca, avançado que poderá estar de saída do Sevilha no final da temporada.

Depois do golo da igualdade, o Zenit passou por dificuldades para segurar o ímpeto dos jogadores sevilhanos, que fizeram de tudo para chegar à vantagem e dar mais uma grande alegria aos seus adeptos.

O momento que todos os sevilhanos aguardavam, com alguma expectativa, surgiu ao minuto 88, graças a um momento de inspiração de Denis Suárez, que conseguiu encontrar o caminho para o fundo da baliza contrária, a poucos minutos do derradeiro apito do árbitro Charles Schaap, da Holanda.

Apesar de algumas oportunidades e de grandes jogadas, o marcador não sofreu mais alterações e o Sevilha parte para o encontro da 2ª Mão com uma curta vantagem, mas que poderá ser importante nas contas finais da eliminatória.

Jornalista: João Miguel Pereira