Selectiva Petrobras: Bertoncello, Fontana e Di Mauro passam à Final

Selectiva Petrobras: Bertoncello, Fontana e Di Mauro passam à Final

22

Mesclando pilotos experientes e novos competidores que estão chegando na categoria Graduados, a Selectiva de Kart Petrobras deu início neste Sábado (dia 27) à sua 17ª edição no kartódromo de Aldeia da Serra, em Barueri (SP). Campeão da Selectiva 2013, o carioca Olin Galli não deu oportunidades aos adversários. Fez a pole e venceu as três baterias conquistando o título da Copa Petrobras Sorriso Campeão, somando 33 pontos no total. Mas, como ex-campeão, o piloto não pode concorrer à final, bem como o vice-campeão do evento, André Nicastro, que não tem a idade permitida pelo regulamento (entre 15 e 18 anos). Assim, os primeiros seleccionados foram o gaúcho Bruno Bertoncello, o carioca Zaiya Fontana e o paulista Gaetano Di Mauro.

A disputa aconteceu dentro da 5ª etapa da Copa São Paulo Light de Kart e, tirando o domínio de Olin Galli, teve boas lutas para o acesso à final da Selectiva de Kart Petrobras. Bertoncello garantiu a primeira vaga, por ter sido o piloto a somar mais pontos nas duas primeiras baterias. Fontana foi o segundo classificado, mas engana-se quem pensar que o carioca teve vida fácil. Depois de terminar em segundo na primeira corrida, ele foi obrigado a abandonar a prova seguinte com problemas no kart e veio do fim do grid para chegar em segundo na bateria final e garantir a passagem. E o último classificado do dia foi o paulista Di Mauro, que na soma das três provas marcou mais pontos.

Apesar de ter apenas 16 anos, Bertoncello, que é natural de Passo Fundo, já vai disputar a sua terceira final da Selectiva. Para o piloto, o facto de já ter experiência na decisão do evento poderá ajudá-lo.

Com certeza dá uma vantagem, porque é uma disputa bem diferente do que a gente está acostumado durante o ano, então por ser a minha terceira vez eu venho com mais experiência e mais chances de vitória“, afirmou confiante.

O gaúcho espera agora ser um dos vencedores, que irão no fim do ano participar nas acções do programa de orientação da Selectiva de Kart Petrobras.

Todo o piloto sonha em sair do Brasil, correr em alguma categoria de fórmula, mas está muito difícil conseguir patrocínio. Então, achei muito legal a experiência que os vencedores de 2014 tiveram lá fora, quando puderam conhecer uma categoria forte de base e autódromos. Sem dúvida, é uma entrada com o pé direito e que com certeza ajuda no futuro, na transição do kart para o automobilismo“, comentou.

Fontana também já tem experiência na final da Selectiva. Em 2014, o piloto de 15 anos foi o quinto colocado e um dos destaques da decisão.

Vim correr esta prova com o objectivo de conseguir a vaga e, na primeira corrida, tive um bom resultado, chegando em segundo. Mas na segunda bateria houve uma quebra mecânica e larguei do fim do grid na prova final. Tive de me superar p’ra chegar em segundo e conseguir a vaga“, contou o carioca, que como Bertoncello vê vantagem em já saber como funciona a final da Selectiva de Kart Petrobras.

Na primeira final, em 2014, eu senti a falta de experiência e agora já ter participado vai ajudar-me com certeza“, disse.

Di Mauro, de 17 anos, também veio correr a prova, especialmente para tentar a Final.

Estou muito feliz, porque foi a minha primeira oportunidade de disputar a vaga e deu tudo certo. Vim com este único objectivo. Na primeira corrida eu terminei na sexta colocação, o que me deu a chance de largar na pole na segunda bateria, já que o grid era invertido e terminei em segundo. Fiz uma corrida muito boa. Depois larguei em segundo na última bateria e cheguei em quarto. Na soma dos pontos, consegui a vaga“, explicou.

Entre os festejos pelas vitórias deste Sábado, Galli só lamentou não disputar novamente a final da Selectiva, já que pelo regulamento ex-campeões não podem lutar pelo prémio.

Tive 100% de aproveitamento nas três corridas e fico muito feliz por ter ganho mais um evento da Selectiva. Gostaria muito de poder participar novamente na final, principalmente agora que tem uma ajuda a mais para os pilotos que estão iniciando a carreira, com o programa de orientação” lembrou.

Para Binho Carcasci, organizador da Selectiva de Kart Petrobras, a primeira etapa classificativaa não poderia ter resultados melhores.

Começámos a Selectiva de Kart Petrobras com o pé direito. A Copa Petrobras Sorriso Campeão é caracterizada por mesclar pilotos novos, que estão chegando na Graduados, com os mais experientes e foi isso que a gente viu aqui. Tivemos a vitória do Olin Galli, que é um piloto experiente, já foi campeão da Selectiva de Kart Petrobras há dois anos e dominou, mas também a chegada de pilotos mais novos como o Zaiya, que foi uma das revelações da Selectiva do ano passado, conseguindo ir para a sua segunda final. Então, estou muito feliz. Foi um grid grande, de qualidade, como tem acontecido nos últimos anos neste evento“, avaliou.

Além disso, este evento tem um valor especial, porque não só dá início à acção social, mas encontramos aqui uma maneira também de valorizar o trabalho dos mecânicos, dando-lhes uma premiação diferenciada“, completou Carcasci.

A Copa Petrobras Sorriso Campeão marcou o início da acção social Sorriso Campeão. O projecto permite que cada piloto participante indique dois mecânicos da sua equipa para receber durante um ano tratamento odontológico gratuito. Os mecânicos ainda terão direito a inscrever as suas mulheres e filhos (até 12 anos). A acção, que está na sua 13ª edição, é uma iniciativa dos organizadores da Selectiva de Kart Petrobras e apoiada pela Petrobras, Petrobras Distribuidora, MG Pneus e pela dentista Ligia Martins Xavier.

A segunda etapa classificativa da Selectiva de Kart Petrobras acontecerá no dia 25 de Julho, dentro do Campeonato Brasileiro de Kart, no Velopark, em Nova Santa Rita (RS). Serão mais três finalistas definidos na categorias Graduados. No total, 12 pilotos estarão na luta pelo maior prémio do kartismo brasileiro no final do ano. E três vencedores vão participar no programa de orientação, que dará aos pilotos novas experiências, como treinar de kart na Europa com uma equipa do automobilismo de base, participar no Mitsubishi Racing Experience no Brasil com Ingo Hoffmann, entre outros.