Selecção de Andebol participa pela 1ª vez nas Universíadas de Verão

Selecção de Andebol participa pela 1ª vez nas Universíadas de Verão

45

A Selecção Nacional Universitária de Andebol masculino, actual Campeã Mundial Universitária, vai marcar presença, pela primeira vez, na 28ª edição das Universíadas de Verão, que vão decorrer de 3 a 13 de Julho, em Gwagju, na Coreia do Sul. A equipa, liderada pelo também seleccionador da Federação de Andebol de Portugal, Rolando Freitas, conheceu no dia 13 os seus adversários no sorteio que teve lugar na cidade anfitriã.

Universíadas de Verão 2015 - SorteioA habitual presença portuguesa nas Universíadas de Verão vai, este ano, ser complementada com a participação colectiva no Andebol masculino. A delegação portuguesa é chefiada pela presidente da Federação Académica de Desporto Universitário (FADU), Filipa Godinho.

Depois de, nos últimos anos, não ter sido possível o enquadramento de uma modalidade colectiva nas delegações às Universíadas de Verão, este ano, após o título da modalidade de Andebol universitário masculino, surgiu novamente a oportunidade, que será certamente um estímulo para os desportos universitário e federado trabalharem lado a lado no cumprimento da importante missão do desenvolvimento desportivo nacional”, afirma a presidente.

A modalidade tem ganho expressão em Portugal e a nível universitário também. Após a organização do Campeonato Mundial Universitário de Andebol, em 2014, a Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) e a Universidade do Minho (UM) vão voltar a organizar, em Braga, um campeonato universitário da modalidade – Campeonato Europeu Universitário de Andebol 2015 (de 2 a 9 de Agosto).

A equipa vai ser acompanhada pelo seleccionador da Federação de Andebol de Portugal, Rolando Freitas, que conta com Luís Monteiro e Gabriel Oliveira como treinadores adjuntos.

A oportunidade de participar num dos maiores eventos desportivos internacionais tem que ser valorizada e vista, em função do crescimento que a modalidade tem tido no nosso país em geral, e ao nível da sua prática e popularidade universitária, em particular. O Andebol é tradicionalmente uma modalidade praticada por muitos alunos universitários, com elevados níveis de formação académica. Faz, por isso, todo o sentido que Portugal possa estar representado com a sua melhor Selecção Universitária, e é para nós um orgulho termos essa primazia”, explica Rolando Freitas.

O sorteio que decorreu em Gwangju ditou o destino de Portugal, colocando-o no Grupo B juntamente com a República Checa e o Japão. Para Rolando Freitas, o título de campeão mundial é um factor relevante para os adversários e motivador para a equipa portuguesa.

Portugal irá encarar ambos os jogos, e os seguintes, com a ambição de fazer uma boa prova e colocar-se em condições de regressar contente ao nosso país”, deseja o seleccionador.

Nos restantes grupos da competição ficaram: Grupo A – Coreia do Sul, Sérvia, México e Estados Unidos da América; Grupo C – Brasil, Hungria, Suíça e Israel; Grupo D – Rússia, Turquia e Lituânia.

A delegação portuguesa vai ainda participar nas modalidades de Ginástica, Atletismo, Remo, Esgrima, Taekwondo, Judo, Natação, Ténis de Mesa e Tiro com Arco.