Santo Tirso já tem um Skate Parque para skate, bmx e patins...

Santo Tirso já tem um Skate Parque para skate, bmx e patins em linha

A Câmara Municipal de Santo Tirso inaugurou, na última Sexta-feira, o primeiro skate parque do concelho. Localizado no parque urbano de Geão, o equipamento permite a prática de skate, bmx e patins em linha.

32

Skate Parque de Santo TirsoA Câmara Municipal de Santo Tirso inaugurou, na última Sexta-feira, o primeiro skate parque do concelho. Localizado no parque urbano de Geão, o equipamento permite a prática de skate, bmx e patins em linha.

Com uma área de 1200 metros quadrados, o skate parque tem capacidade de acolher, em simultâneo, 90 praticantes e vai permitir a realização de diversas iniciativas, nomeadamente a organização de competições e demonstrações de diferentes modalidades.

“Sinto-me particularmente agradado por estar aqui hoje a inaugurar este skate parque por que é a concretização de um compromisso concreto que tomei com um grupo de jovens de Santo Tirso, em 2013, pouco antes de ter sido eleito”, explicou Joaquim Couto.

“Esta é uma forma menos convencional de apoiarmos o desporto, que é um desígnio deste mandato. Não nos basta apoiar o desporto mais tradicional, como o futebol. Queremos ter espaço para todos, incluindo os mais radicais”, considerou ainda o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso.

No próprio dia da inauguração, vários praticantes, de dentro e fora do concelho, atestaram a qualidade do equipamento.

“Está espectacular para as duas modalidades, skate e bmx, e também servirá para outras modalidades como patins em linha e trotinete. Já tem afluência de pessoas de Guimarães, Viana do Castelo, Maia, Ermesinde, e toda a zona metropolitana do Porto, e penso que é um skate parque que dará para vários campeonatos nacionais”, referiu Nuno Neto, praticante de skate.

O Skate Parque de Santo Tirso resulta de um investimento de cerca de 200 mil euros da autarquia. O espaço permite a utilização até à meia-noite e tem uma ligação à escola básica e secundária D. Dinis.



PARTILHAR