Saltos do Vimeiro 2016: 36º Concurso abriu com a consagração de Philip...

Saltos do Vimeiro 2016: 36º Concurso abriu com a consagração de Philip Spivey

O 36º Concurso de Saltos do Vimeiro – CSI 2* inaugurou com a consagração de Phillip Spivey na prova mais importante do dia, à semelhança do 35º CSI 2*.

131

O 36º Concurso de Saltos Internacional do Vimeiro – CSI 2* inaugurou com a consagração de Philip Spivey na prova mais importante do dia, à semelhança do dia inaugural do 35º CSI 2*.

A pista Clássica recebeu 44 conjuntos para disputarem a vitória na prova RUBiS Gás, Qualificativa para o Grande Prémio, Tabela A ao cronómetro e altura dos obstáculos a 1,40m. Com representações de Portugal, Espanha, Suécia e Irlanda, foi a Grã-Bretanha que conseguiu colocar duas representações no primeiro e terceiro lugar do pódio.

Depois de completarem o percurso em 61’42’’, sem faltas registadas, Phillip Spivey e Darya I Nur comandaram a volta de honra. A segunda posição foi alcançada por João Maria Marquilhas e W Diva Rosa MFS, por 62’72’’, enquanto a terceira pertenceu a Louise Saywell, na montada Patrol V, por 62’91’’, ambos sem penalizações. Os cinco primeiros lugares ficaram completos com o Espanhol Ivan Serrano, com Mafia, e a Portuguesa Marina Frutuoso de Melo, com Cantano.

O arranque do primeiro dia de competição aconteceu com a prova Transportes Paulo Duarte, Cavalos Novos 6 anos, Tabela A ao cronómetro, com obstáculos colocados a 1,25m. Disputada por 17 conjuntos foi o binómio Felipe Guinato e Katana ter Damme, pelo Brasil, que saiu vitorioso. O primeiro lugar foi conquistado nuns velozes 67’77’’, sem penalizações assinaladas.

As segunda e terceira posições foram disputadas ao milésimo de segundo. Mário Wilson Fernandes, na montada Diamant de Flobecq Z, concluiu o percurso com o tempo de 69’26’’, sem penalizações, ocupando o segundo lugar da prova. O conjunto João Maria Marquilhas e Franciscus Sylt E, fechou o pódio com o tempo de 69’38’’ sem penalizações registadas.

A prova Delta Cafés, Tabela A ao cronómetro, com altura dos obstáculos a 1,25m, recebeu um pódio português. Num disputado primeiro lugar, a cavaleira Sara Ferreira Pinto, na montada Fast Forward, ganhou vantagem ao concluir o percurso em 64’21’’, sem penalizações. O conjunto Sebastião Ferreira Pinto e Darko EQD seguiu de perto a primeira dupla, mas os 64’78’’ não foram suficientes para alcançar o lugar de topo da prova. A terceira classificação foi conquistada por José Maria Godinho de Carvalho e Reve des Aubiers, que registaram 70’16’’, também sem penalizações.

A segunda parte do dia foi iniciada com a prova Águas do Vimeiro, Tabela A duas fases ao cronómetro, com obstáculos colocados a 1,35m. Com 37 conjuntos em competição, a representar 5 nacionalidades, os três primeiros lugares foram dominados por duplas espanholas. O binómio Jaime Gabarron Jimenez e Kappa de Quijas concluiu o percurso sem penalizações e com tempos de 46’91’’e 34’41’’ na primeira e segunda fase, respectivamente, atribuindo a grande vitória à Espanha.

O segundo lugar foi conquistado pela dupla portuguesa João Maria Marquilhas e Tam Tam de Bacon, que alcançaram as marcas de 46’91’’e 35’78’’ com um duplo zero. Os lugares cimeiros da prova ficaram completos com outro conjunto espanhol, Alberto Marquez Galobardes na montada Cesar van Spalbeek Z, com tempos de 48’74’’ e 36’62’’.

De 21 a 24 de Julho, terá lugar o 36º Concurso de Saltos Internacional – CSI 2*. A temporada encerrará em Setembro com o 35º Concurso de Saltos Nacional – CSN A, a decorrer entre os dias 1 e 4 de Setembro.