Roger Federer anuncia paragem até ao final do ano de 2016

Roger Federer anuncia paragem até ao final do ano de 2016

Roger Federer explicou na sua página de Facebook, que tem de dar descanso ao seu corpo, especialmente ao joelho ao qual foi operado no início do ano

79

O tenista suíço Roger Federer anunciou, esta 3ª Feira através da sua página oficial na rede social Facebook, a sua desistência dos Jogos Olímpicos Rio’2016 e de todo o resto da temporada de 2016.

Esta difícil e drástica decisão foi tomada depois de Federer ter sentido algumas dores num dos seus joelhos, que foi submetido a uma operação cirúrgica no início do corrente ano.

Na sua página de Facebook, o tenista suíço escreveu que estava “desapontado” por não poder “representar a Suíça nos Jogos Olímpicos Rio’2016” e por “falhar o resto da temporada 2016”.

“Após conversar com os meus médicos e a minha equipa técnica, tomei a difícil decisão de dar por terminada a minha temporada de 2016, por necessitar de mais tempo de reabilitação do joelho ao qual fui operado no início do ano; os médicos disseram-me que se quisesse continuar a jogar no ATP World Tour por mais uns anos, como pertendo, tenho de dar descanso ao meu joelho e ao meu corpo, que já apresentam alguns sinais de fadiga; é duro falhar o resto da temporada, mas no entanto a experiência fez-me perceber que sou um sortudo por ter tido poucas lesões ao longo da minha carreira; eu amo o ténis e a competição, por isso estou motivado para voltar em forma e pronto a jogar um ténis mais agressivo”, referiu também Roger Federer.

O tenista da Suíça é o 9º jogador a desistir do Torneio Olímpico, mas o primeiro por lesão, pois Tomas Berdych, Milos Raonic, Dominic Thiem, John Isner, Nick Kyrgios, Bernard Tomic, Feliciano Lopez e Kevin Anderson não viajam até ao Rio de Janeiro com medo do vírus Zika.