Liga Europa: Rio Ave empata em Praga e sonha com o “play-off”...

Liga Europa: Rio Ave empata em Praga e sonha com o “play-off” de acesso

A exibição de Cássio evitou uma derrota que podia ser comprometedora para um Rio Ave, que tem como grande objectivo aceder à Fase de Grupos da competição

93

O Rio Ave empatou (0-0) com os checos do Slavia Praga, em jogo a contar para a 1ª Mão da 3ª Pré-Eliminatória da Liga Europa, disputado no Eden Arena, em Praga (Rep. Checa).

A equipa vilacondense, agora treinada por Nuno Capucho, conseguiu ser superior ao seu adversário durante alguns momentos, mas temos de admitir que a haver um vencedor este teria de ser o clube checo.

Com maior poder físico, com um rimo de jogo mais assinalável, e sobretudo com maior qualidade, o Slavia ameaçou a baliza de Cássio um par de vezes e só não marcou porque o guarda-redes voltou a brilhar num jogo importantíssimo.

Milan Skoda, que nada tem a ver com a marca de carros, mostrou ser um “quebra-cabeças” e ainda na primeira parte marcou um golo, com um fantástico pontapé de bicicleta, mas o árbitro anulou de imediato, por considerar que o avançado checo cometeu uma falta sobre Marcelo antes de efectuar o pontapé fatal.

Na segunda metade, Skoda cabeceou com muito perigo, mas Cássio evitou o golo com uma espantosa defesa, e nos últimos 15 minutos o assédio à baliza vilacondense foi enorme, mas o Rio Ave conseguiu aguentar o nulo.

Apesar das boas exibições de Cássio, Yazalde, Gil Dias, João Novais, Krovinovic, Rúben Ribeiro e Eliseu Cassamá, o técnico Nuno Capucho ainda terá muito trabalho pela frente para conseguir uam equipa competitiva, nomeadamente no sector atacante, que de uma assentada ficou sem 6 dos habituais titulares (Edimar, Renan Bressan, Ukra, Kayembé, Kuca e Hélder Postiga).

O 0-0 deixa grandes esperanças ao Rio Ave, que no Estádio dos Arcos (na próxima 5ª Feira – dia 4 de Agosto – a partir das 20h30 locais) terá de fazer uma bela exibição se quiser marcar presença no play-off de acesso à Fase de Grupos da competição.