Benfica: Renovação com Rui Vitória deverá ser em Fevereiro, se técnico cumprir...

Benfica: Renovação com Rui Vitória deverá ser em Fevereiro, se técnico cumprir “mínimos”

Os últimos acontecimentos deixam Rui Vitória numa posição incómoda e tudo pode ficar definido em Fevereiro, mês muito complicado para o Benfica

44

Os acontecimentos ocorridos nos últimos dias no seio da equipa do Benfica podem por em causa o “estado de graça” que havia entre o Presidente Luís Filipe Vieira e o técnico Rui Vitória.

O castigo de 15 dias de suspensão (mais os 3825 euros de multa) aliados ao facto do Benfica ter sido eliminado da Taça CTT, deixam o treinador do Benfica numa posição incómoda.

Para além destes factos, temos ainda de contar com a saída de Gonçalo Guedes (um jogador em quem Vitória confiava) e com os “maus resultados” do Benfica (nos últimos 4 jogos, os “encarnados” somaram duas vitórias, um empate e uma derrota, mas sofreram 8 golos, enquanto nos 12 encontros anteriores a esta série, não tinham sofrido nenhum golo).

É certo que o Benfica continua em 3 competições muito importantes (Liga NOS, Taça Placard e Liga dos Campeões), mas a derrota com uma equipa que luta pela manutenção, indica que a formação lisboeta não se encontra na sua melhor forma.

A promessa de Luís Filipe Vieira em renovar o contrato de Rui Vitória assim que este regressasse do Algarve (onde decorre a Final 4 da Taça CTT) pode “cair em saco roto”, até porque não está posta de parte a transferência de mais jogadores neste Mercado de Inverno, algo que o treinador não está minimamente de acordo.

Inicialmente, o acordo ia ser oficializado na próxima semana, mas deverá ser adiado para Fevereiro, mês decisivo para Rui Vitória e para o Benfica, pois joga o seu futuro nas 3 competições em que está envolvido.

Na Liga NOS, os jogos que o Benfica tem de realizar sem Rui Vitória no banco de suplentes, são relativamente fáceis, a não ser a deslocação a Setúbal, pois as recepções a Nacional e Arouca não deverão colocar problemas.

No entanto, tudo isto é relativo, pois nunca ninguém pensou que o Boavista ia empatar na Luz, e que o Moreirense ia causar uma das maiores surpresas desta época futebolística ao derrotar os lisboetas numa competição que este dominaram nos últimos anos.

Mesmo que tudo corra bem, depois será a deslocação a Braga e as recepções a D. Chaves e Belenenses, duas equipas que podem colocar o Benfica em dificuldade no seu próprio reduto, em vésperas do derby sempre escaldante com o Sporting.

Na Taça Placard, a fechar este “ciclo”, a deslocação ao campo do Estoril não será fácil (toda a gente ainda se recorda das dificuldades sentidas pelos “encarnados” no jogo da Liga NOS) e a eliminatória da Liga dos Campeões com o Borussia Dortmund, um dos colossos do futebol mundial, será o maior teste deste Benfica de Rui Vitória no mês de Fevereiro.

A terminar, a contestação dos adeptos (mais nas redes sociais do que no próprio Estádio Algarve) mostram que o Benfica está a entrar na sua fase mais negra da época, que poderá levar Luís Filipe Vieira a pensar duas vezes antes de cumprir a sua promessa, se é que algum dia a vá cumprir.

Esperemos pelos próximos capítulos, pois nestas coisas os resultados ditam as suas leis, e tudo o que dissemos aqui poderá não acontecer, se o Benfica somar várias vitórias seguidas, sem sofrer golos e avançar para os Quartos-de-Final da Liga dos Campeões.