Red Bull Street Style 2016: Argentina e França dominam em Londres

Red Bull Street Style 2016: Argentina e França dominam em Londres

Portugal marcou presença, com Fábio Simões, mas a consagração acabou por pertencer ao argentino Carlos Alberto lacono e à francesa Mélody Donchet

83

Foi sob o olhar atento da estrela do Manchester United Gary Neville, que os melhores especialistas de futebol freestyle se reuniram em Londres para disputar o título mundial do Red Bull Street Style. Portugal marcou mais uma vez presença, mas a consagração acabou por pertencer ao argentino Carlos Alberto lacono e à francesa Mélody Donchet.

Londres sucedeu a São Paulo, Cidade do Cabo, Lecce, Tóquio e Salvador no mapa da Final Mundial do Red Bull Street Style, a maior competição do planeta de futebol freestyle que reuniu nos últimos dias (7 e 8 de Novembro) representantes de 16 países. Sob o lema ‘três minutos, dois jogadores, uma bola’, a competição decorreu num cenário inesperado da capital britânica – a mítica Roundhouse, no multicultural bairro de Camden, uma sala de espectáculos onde já actuaram grandes lendas da música como Jimi Hendrix, David Bowie, Elton John, Rolling Stones e The Doors.

Mantendo a tradição de envolver grandes nomes do futebol mundial, a estrela do Manchester United Gary Neville integrou o júri, declarando no final que “foram as coisas mais incríveis que já vi alguém fazer com uma bola de futebol!”

Portugal voltou a marcar presença com a maior referência lusa da modalidade – Fábio Simões. Aos 23 anos, o atleta de Alverca cumpriu em Londres o seu quarto mundial da modalidade.

“Infelizmente não consegui alcançar o meu principal objectivo – que era uma presença no top-16 da competição. Mas mesmo assim faço um balanço muito positivo desta presença em Londres, penso que mostrei uma boa evolução e até apresentei novos truques e manobras. O nível foi muito elevado em todas as batalhas e regresso a casa consciente de que dei mesmo o meu melhor”.

Segundo classificado nas duas últimas edições da Final Mundial do Red Bull Street Style, o argentino Carlos Alberto lacono conseguiu finalmente alcançar a glória em Londres.

“Depois de perder nos anos anteriores fiquei sem ânimo, mas o meu coração disse-me para continuar a tentar. Foi o que fiz e esse é mesmo o espírito do nosso desporto, porque muitas vezes as manobras não saem bem à primeira. Quis provar que podia vencer e consegui!”

Em femininos, a gaulesa Mélody Donchet revalidou o título frente à húngara Kitti Szász.