Red Bull Cliff Diving 2017: Blake Aldridge assume o comando no Texas

Red Bull Cliff Diving 2017: Blake Aldridge assume o comando no Texas

Aproveitando os resultados mais apagados do Campeão Gary Hunt e da lenda Orlando Duque, o antigo atleta olímpico Blake Aldridge assumiu a liderança do campeonato.

33

Red Bull Cliff Diving 2017 - Texas - PódioO britânico Blake Aldridge deu-se bem com os ares do Texas, conquistando no último fim-de-semana no lago de Possum Kingdom a sua primeira vitória da temporada. Aproveitando os resultados mais apagados do Campeão Gary Hunt e da lenda Orlando Duque, este antigo atleta olímpico assumiu a liderança do campeonato. Em femininos continua o domínio incontestável da australiana Rhiannan Iffland.

O passado quase se repetiu este ano no regresso, no último fim de semana (2 e 3 de Setembro), do Red Bull Cliff Diving World Series aos Estados Unidos da América. Mas desta vez houve uma inversão de posições, com o britânico Blake Aldridge a vencer no lago de Possum Kingdom a sua primeira etapa da temporada – relegando desta vez o mexicano Jonathan Paredes para o segundo lugar do pódio.

Com esta prestação, o britânico que competiu nos saltos para a água sincronizados nos Jogos Olímpicos de Pequim (2008) assumiu pela primeira vez o comando do campeonato, destronando desta posição uma lenda da modalidade: Orlando Duque.

“Não falhei um único salto durante o fim-de-semana e por isso mereci ganhar. Passaram alguns anos desde a minha última vitória – foi em 2014 em Cuba – e sabe muito bem voltar ao topo. Agora acredito que pela primeira vez posso chegar ao título, só preciso de ficar no pódio nas duas últimas competições”, comentou o britânico no final. Paredes ficou com a prata e o bronze foi entregue ao norte-americano David Culturi, que conseguiu assim o seu segundo pódio consecutivo.

Em femininos, continua o reinado da australiana Rhiannan Iffland, que após quatro etapas está cada vez mais próxima de revalidar o título.

“Este ano sinto um pouco mais de responsabilidade, mas acho que me consegui descontrair e aproveitar o momento. Estou agora onde quero para as duas últimas etapas”.

A etapa norte-americana pode agora ser revista em www.redbullcliffdiving.com e na Red Bull TV em https://www.redbull.tv/live/AP-1RZDU75HD2111/red-bull-cliff-diving-world-series.

A próxima etapa viaja, dentro de duas semanas, até à Bósnia e Herzegóvina, mais concretamente até Mostar. Trata-se do regresso a um spot mítico para os atletas dos saltos para água de grande altura, que vão desta vez dar o seu melhor, uma vez mais a partir da ponte velha desta cidade dos balcãs.

Classificação do Red Bull Cliff Diving 2017 (após 4 etapas)

Masculinos
1º Blake Aldridge (COL), 480 pontos
2º Gary Hunt (UK), 460
3º Jonathan Paredes (EUA), 450
4º David Colturi (EUA), 410
5º Andy Jones (UK), 410
6º Orlando Duque (COL), 389
7º Alessandro De Rose (Wildcard – ITA), 310
8º Steven Lobue (EUA), 230
9º Michal Navratil (CZE), 200
10º Kris Kolanus (POL), 189

Femininos
1º Rhiannan Iffland (AUS), 690 pontos
2º Adriana Jimenez (MEX), 520
3º Helena Merten (AUS), 450
4º Ginger Huber (EUA), 430
5º Tara Heyer-Tira (Wildcard – EUA), 270
6º Anna Bader (Wildcard – GER), 260
7º Cesilie Carlton (EUA), 240
8º Jaki Valente (Wildcard – BRA), 160