Red Bull Air Race: Luta pelo título ainda em aberto para três...

Red Bull Air Race: Luta pelo título ainda em aberto para três candidatos

27

Com meia época já cumprida, o Red Bull Air Race World Championship regressa no fim-de-semana de 15 e 16 de Agosto a Ascot (Inglaterra), palco habitual das mais célebres corridas de cavalos do mundo. Desta vez os aviões vão dominar os céus, numa altura em que há ainda três candidatos fortemente empenhados na luta pelo título de 2015 – dois ‘pesos-pesados’ e um ‘outsider’”.

Marcada pelo regresso a localizações míticas como Budapeste e a uma renovação que tem permitido a vincada internacionalização do conceito, a edição de 2015 da Red Bull Air Race World Championship está a revelar-se uma das mais competitivas de que há memória. Quando está já cumprida a primeira metade da época, há ainda três pilotos com hipóteses matemáticas de chegar ao título: o britânico Paul Bonhomme, o austríaco Hannes Arch e o australiano Matt Hall. Apenas cinco pontos os separam, o que mostra bem a intensidade com que se está a viver este campeonato. Bem ilustrativo desta tendência é também o facto de, até agora, oito pilotos terem conseguido atingir a final, com os lugares do pódio a serem repartidos por seis.

A próxima etapa já se encontra em contagem decrescente, com a competição a viajar até ao local onde se disputam as mais prestigiadas e antigas corridas de cavalos do planeta: Ascot, no Reino Unido. Tal como as restantes corridas ainda por disputar, este é um traçado que é familiar aos pilotos – criando a continuidade em relação à época de 2014.

Apesar do recente avanço de Hannes Arch, que venceu as últimas duas corridas, Bonhomme continua a liderar e chega a Ascot com bons trunfos para reforçar o seu estatuto no comando. Além do conforto de uma vitória no ano passado, o britânico vai poder contar com o apoio do seu público. No pólo oposto, Arch chega a Ascot com muito más recordações (no ano passado não chegou à final), embora tenha a motivação de lutar pela sua terceira vitória consecutiva este ano. Finalmente, o australiano Matt Hall está empenhado em lutar pela primeira vitória da sua carreira, culminando assim uma época extremamente regular.

Ranking (após 4 etapas)

1. Paul Bonhomme (GBR), 34 pontos
2. Hannes Arch (AUT), 29
3. Matt Hall (AUS), 29
4. Martin Sonka (CZ), 16
5. Pete McLeod (CAN), 14
6. Nigel Lamb (GBR), 13
7. Matthias Dolderer (GER), 12
8. Michael Goulian (EUA), 8
9. Nicolas Ivanoff (FR), 6
10. Peter Besenyei (HUN), 5