Rampa Porca de Murça 2017: Antevisão da 6ª Jornada, por Categoria

Rampa Porca de Murça 2017: Antevisão da 6ª Jornada, por Categoria

A Rampa Porca de Murça será a última prova antes do período de férias e assume uma grande importância nas lutas pelos diversos títulos em disputa. A organização da prova está a cargo do CAMI Motorsport, com o apoio da Câmara de Murça

61

Rampa Porca de Murça 2017É já no próximo fim-de-semana que o Campeonato Nacional de Montanha (CNM) Valvoline se desloca até às famosas curvas de Murça, para disputar a sexta jornada da competição em 2017. A Rampa Porca de Murça será a última prova antes do período de férias e assume uma grande importância nas lutas pelos diversos títulos em disputa. A organização da prova está a cargo do CAMI Motorsport, com o apoio da Câmara de Murça.

A começar pelo topo, onde a luta entre o líder Rui Ramalho (Osella PA2000 Evo2) e Pedro Salvador (Silver Car EF10) está ao rubro, até porque nada está ainda decidido. Ramalho detém uma vantagem de 29 pontos para Salvador, mas têm ainda de prescindir de um resultado até ao final do ano, o que vai equilibrar mais as contas entre ambos, sendo por isso grande a indefinição em relação ao nome do campeão de 2017.

Ainda na Categoria 1 e numa luta à parte, Paulo Ramalho e o Osella PA21s Evo volta a ter a forte oposição de João Fonseca em BRC CM05 Evo, eles que têm travado belas lutas em todas as provas. Joaquim Rino, Nuno Guimarães, ambos em BRC e Hélder Silva em Juno, completam o lote de inscritos nesta categoria.

Também na Categoria 2, onde pontificam os GT, a luta é, e vai continuar a ser, emocionante, com o campeão em título Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3 Cup) a levar para já a melhor face à apertada oposição de José Correia em Nissan GT-R GT3 e de Edgar Reis em Porsche 997 GT3 Cup.

Depois de falhar a primeira prova do ano, Pedro Saraiva e o Mitsubishi Lancer Evo IX conquistaram quatro triunfos consecutivos na Categoria 3, ganhando vantagem na luta pelo título. João Guimarães (Peugeot 206 RC), que liderou desde o início da época até à jornada anterior, está agora na segunda posição, mas não desarma na luta pelo triunfo na competição. Sérgio Nogueira (Citroen Saxo) e José Oliveira (Subaru Impreza) vão lutar pelo derradeiro lugar do pódio.

Com cinco vitórias em cinco provas, Manuel Correia e o Ford Fiesta R5+ são reis e senhores na Categoria 4 e o título já não lhes deverá fugir. Sempre na sombra de Correia, Luís Silva (BMW M3) mantém a pressão possível, esperando um erro do favorito para chegar ao lugar mais alto do pódio.

Na luta pelo derradeiro lugar do pódio vão estar Marco Guerra em Peugeot 306, Daniel Teixeira em Mazda MX5 e os estreantes nesta categoria, Simplício Taveira (Peugeot 306) e Francisco Marrão (SEAT Leon Supercopa), este último a deixar a Categoria 5, optando por ingressar na quatro.

Com a passagem de Marrão para a Categoria 4, Joaquim Teixeira e o Renault Megane Trophy V6 garantem desde já a conquista do ceptro na Categoria 5, sendo agora a luta pelo título no Campeonato Nacional de Montanha – Turismos, o principal foco de Teixeira. Jorge Meira em Citroen Saxo 16V e Luís Delgado em Toyota Carina E, lutam entre si para definir a ordem dos outros lugares do pódio.

Miguel Lobo e o Audi RS3 TCR estão de regresso à Taça Nacional TCR/TCS, numa competição que recebe para esta prova a participação de João Sousa em SEAT Leon MK2.

No que diz respeito à Taça Nacional de Montanha 1300 (TNM 1300), o dominador Armando Freitas (Toyota Starlet) volta a ser o principal favorito, recebendo em Murça a oposição dos Citroen AX Sport de Leonel Brás e Pedro Carvalho e ainda de Francisco Leite em Fiat Punto e António Silva em Toyota Starlet.

Está emocionante a luta pelo título no Campeonato Nacional de Clássicos Montanha, com José Gomes (Ford Escort MKI) certamente motivado depois de assumir a liderança da competição no Caramulo. Também em Ford Escort MKI, Flávio Saínhas venceu as duas últimas provas e está ao ataque da liderança, sendo este resultado em Murça decisivo para as aspirações dos dois pilotos, separados na classificação geral por Parcídio Summavielle (Datsun 240Z).

Tudo em aberto no Troféu Nacional Clássicos de Montanha, com o líder Carlos Oliveira, em BMW 323i, a ter de se aplicar para defender a sua posição face aos ataques de Fernando Salgueiro (Ford Escort MKII). O piloto do Caramulo venceu a última ronda disputada em ‘casa’ e soma já três triunfos em 2017.

À espreita do que pode ‘sobrar’ da luta entre os dois primeiros, o regular Ricardo Loureiro e o Ford Escort MKII podem também ter uma palavra a dizer na luta pelo primeiro lugar. Carlos Fava e Rui Gama, ambos em VW ‘Carocha’, completam a lista de inscritos nesta categoria.

Na Taça Nacional de Clássicos Montanha 1300, o domínio de Aníbal Rolo (Datsun 1200 Coupé) tem sido avassalador, com o veterano piloto a ser o único a confirmar a presença nesta prova.

Programa/Horário da Rampa Porca de Murça 2017

29.7.2017 – Sábado
* 14H30 – Fecho da pista
* 15H00 – 1ª Subida de Treinos
* 16H00 – 2ª Subida de Treinos
* 18H30 – 1ª Subida Oficial

30.7.2017 – Domingo
* 10H15 – Fecho da pista
* 11H30 – Warm Up
* 14H00 – 2ª Subida Oficial
* 15H15 – 3ª Subida Oficial