Rampa da Falperra 2017: Veloso Motorsport com 3 carros no Circuito Vasco...

Rampa da Falperra 2017: Veloso Motorsport com 3 carros no Circuito Vasco Sameiro

A Veloso Motorsport joga quase como que em casa e apresenta-se nesta prova com 3 carros e um objectivo comum: a vitória nas frentes em que se inscreve

60

Depois de um fim-de-semana triunfal no Autódromo do Estoril e sem tempo para descansar, a Veloso Motorsport prepara já a sua deslocação até à Rampa da Falperra, ‘catedral’ das provas ibéricas de montanha. A formação da Póvoa do Lanhoso joga quase como que em casa e apresenta-se nesta prova com três carros e um objectivo comum: lutar pela vitória nas frentes do Campeonato Nacional de Montanha (CNM) Valvoline em que se inscreve.

Na Taça Nacional TCR, Patrick Cunha em Audi RS3 TCR e Miguel Lobo em SEAT Leon TCR vão esgrimir argumentos na luta pela vitória, com a experiência de Cunha a opor-se à fogosidade e juventude de Lobo, numa luta a dois pelo degrau mais alto do pódio. Campeão na sua categoria em 2016, Luís Nunes repete a aposta num SEAT Leon MKIII (Categoria 5) para esta época, perseguindo os mesmos objectivos que o levaram ao trono na época passada.

“Estou muito feliz por regressar à Falperra, prova com uma história enorme no panorama automobilístico nacional e que me dá muito gozo fazer. O ano passado estive ausente por motivos pessoais, mas este ano foram reunidas as condições para participar. Estarei à partida como o Audi que utilizo no nacional de velocidade e com o qual espero vencer na minha categoria e fazer o melhor possível em termos absolutos. Este ano carrego também a responsabilidade adicional de representar o Sporting Clube de Braga, a quem espero poder oferecer a vitória no final do dia de Domingo”, adiantou Patrick Cunha.

“Poder participar na Rampa da Falperra é um sonho que qualquer piloto português ambiciona concretizar. É uma prova com um traçado rápido e exigente, que selecciona os melhores, e que alberga uma imensa mole humana, o que é extraordinário. Será um fim-de-semana inesquecível. A Falperra é uma completa novidade para mim e, com um traçado tão exigente, terei que aproveitar as subidas de treinos para me ambientar”, referiu Miguel Lobo através da sua assessoria.

“Esta é uma prova de que gosto muito e para a qual estou muito motivado. Vou, como é meu objectivo sempre, lutar pela vitória no meu campeonato e só espero que o tempo ajude e não pregue partidas, ou seja, que esteja seco ou então molhado. De qualquer forma conto com um carro rápido em todas as condições, e estou certo será um aliado essencial para lutar pela vitória que espero conseguir, o que a acontecer me dará uma especial alegria”, disse Luís Nunes.

As hostilidades da prova organizada pelo CAM, que conta ainda para o Campeonato Europeu e Espanhol de Montanha, iniciam-se no Sábado.