Rampa de Santa Marta 2017: Resumo do 1º Dia; recorde de pista...

Rampa de Santa Marta 2017: Resumo do 1º Dia; recorde de pista para Pedro Salvador

O 1º dia da Rampa de Santa Marta 2017, quarta jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, terminou com novo recorde absoluto do traçado transmontano, numa excelente prestação de Pedro Salvador e do Silver Car EF10

115

Pedro Salvador - Rampa de Santa Marta 2017 - 1º DiaO primeiro dia da Rampa de Santa Marta, quarta jornada do Campeonato Nacional de Montanha (CNM) Valvoline 2017, terminou com novo recorde absoluto do traçado transmontano, numa excelente prestação de Pedro Salvador e do Silver Car EF10. O piloto de Chaves registou o tempo de 1:43s427 e deixou Rui Ramalho em Osella PA2000 EVO 2, na segunda a 1,2 segundos. No terceiro lugar deste primeiro dia em termos absolutos e na Categoria 1, ficou João Fonseca em BRC CM05 Evo, que comanda destacado o Grupo CM.

Conseguindo o quarto tempo absoluto, Gonçalo Manahu em Porsche 997 GT3 Cup registou o excelente tempo de 1:55s607 e lidera a Categoria 2, na frente de Edgar Reis em carro idêntico e José Correia em Nissan GT-R GT3.

João Guimarães e o Peugeot 206 RC foram os mais velozes na Categoria 3, com o piloto local a fazer a marca de 2:11s300. Pedro Marques em SEAT Leon TDI e Carlos Oliveira em Subaru Impresa completam o lote dos três primeiros. Com problemas na caixa de velocidades do seu Mitsubishi Lancer Evo IX, o dominador das subidas de treinos, Pedro Saraiva, não completava esta primeira subida oficial.

Apesar da forte oposição oferecida por Luís Silva em BMW M3, Manuel Correia (Ford Fiesta R5+) acabaria por ser o melhor na Categoria 4 com o tempo de 1:57s184. No terceiro lugar está para já um surpreendente Carlos Silva em Peugeot 106.

Na Categoria 5, o mais rápido foi Joaquim Teixeira em Renault Megane Trophy V6 com o tempo de 1:58s785. Francisco Marrão foi segundo com o SEAT Leon Supercopa, seguido por Jorge Meira em Citroen Saxo Cup.

Numa luta solitária na Taça Nacional TCR/TCS, Tiago Ribeiro fez 2:04s103 ao volante do VW Golf GTi TCS.

Está interessante a luta no topo da Taça Nacional de Montanha 1300, com Armando Freitas em Toyota Starlet 1.3 a ser o mais rápido (2:19s262), na frente de Leonel Brás em Citroen AX Sport e de Manuel Fernandes em Fiat Punto.

Flávio Sainhas levou a melhor na primeira subida do Campeonato Nacional de Clássicos Montanha, com o piloto do Ford Escort a fixar a marca de 2:12s270, na frente de José Pedro Gomes em Ford Escort MKI e do líder do campeonato, Parcídio Summavielle em Datsun 240Z.

No Trofeu Nacional de Clássicos Montanha, o mais rápido nesta primeira subida a contar foi Carlos Oliveira em BMW 323i, que registou o tempo de 2:10s889, batendo Fernando Salgueiro e Ricardo Loureiro, ambos em Ford Escort MKII.

Depois de liderar ambas as sessões de treinos do Troféu Nacional de Clássico 1300, Aníbal Rolo em Datsun 1200, foi também o mais rápido nesta subida com o tempo de 2:24s722. No segundo lugar ficou José Magalhães em Toyota Starlet, seguido por José Pedro Figueiredo em Datsun 1200.

Amanhã disputam-se as duas últimas e decisivas subidas da prova organizada pelo Clube Automóvel da Régua e pela edilidade local, de acordo com o seguinte horário:

Domingo – 18.6.2017
* 10H00 Treinos Livres 3
* 11H00 Subida Oficial 2
* 12H00 Subida Oficial 3
* 15H00 Entrega de Prémios