Rampa da Falperra 2017: Gonçalo Manahu conta com ajuda… de São Pedro

Rampa da Falperra 2017: Gonçalo Manahu conta com ajuda… de São Pedro

A prova mais importante do Campeonato Nacional de Montanha (CNM) está à porta, mas para o Campeão Nacional de Categoria 2 é também a mais difícil

66

A prova mais importante do Campeonato Nacional de Montanha (CNM) está à porta, mas para o Campeão Nacional de Categoria 2 é também a mais difícil.

“Depois de ter andado uma época a aprender e mesmo assim ter vencido o Campeonato, entendo melhor esta competição. Tenho a certeza, por exemplo, de que farei melhores tempos, mas também tenho a certeza de que neste traçado parto com um carro menos potente e por isso tenho dois ou três sítios onde posso ganhar tempo, mas em condições normais terei cinco ou seis onde perco”.

O Porsche GT3 de Gonçalo Manahu é a versão Cup 3.6 e de 2009, logo um carro menos potente do que os dos principais adversários, o que o penaliza em zonas.

“Como todo o traçado entre a saída da chicane e a Curva da Morte, onde a minha velocidade é inferior, e na parte final, desde a saída da Curva do Fojo até à Curva do Papa”.

Por isso mesmo a chuva poderia ser um factor nivelador.

“Tenho andado a ver a meteorologia e ainda tenho esperança de que chova… Dessa forma consigo andar mais perto dos tempos da concorrência”.

A Rampa da Falperra disputa-se já no próximo fim-de-semana e pontua para o Campeonato da Europa de Montanha.