Rallye Vidreiro 2017: Gil Antunes quer fazer um rali sem erros

Rallye Vidreiro 2017: Gil Antunes quer fazer um rali sem erros

Gil Antunes e Diogo Correia querem regressar aos lugares do pódio, depois da desistência forçada no Rally de Portugal

57

Será já a partir desta Sexta-feira que a Marinha Grande vai ser palco da 6ª ronda do Campeonato Nacional de Ralis (CNR) com nova edição do Rallye Vidreiro Centro de Portugal.

A prova a cargo do Clube Automóvel da Marinha Grande será disputada em pisos de asfalto, apresentando diversas novidades no seu programa, que arranca Sexta-feira (dia 9), continuando no Sábado (10) com 6 provas especiais de classificação.

Gil Antunes e Diogo Correia querem regressar aos lugares do pódio, depois da desistência forçada no Rally de Portugal. Contudo, e com os pontos perdidos, o piloto não pode errar nesta jornada, de forma a manter-se na luta pelo titulo no Nacional de Ralis 2 Rodas Motrizes.

“Vamos com expectativas a rodar nos lugares do pódio. Esta é uma prova que gostamos, vencemos na edição anterior, penso que temos progredido significativamente no asfalto, mas contamos com um bom lote de pilotos para entrar no top-5 e certamente irão surgir lutas engraçadas ao longo de toda a prova. Vamos tentar fazer um rali sem erros, temos mesmo que terminar a prova, já deitamos 2 pontuações fora, sendo que nesta ronda é importante somar o máximo de pontos que nos permita continuar com condições para chegar ao título absoluto”, refere o piloto do Renault Clio R3T.

A prova do CAMG arranca desportivamente às 17h00 de Sexta-feira onde se realizará a dupla passagem pela especial do Farol, terminando o dia com a Super Especial montada no centro da Marinha Grande. No sábado mais 6 especiais de classificação, com uma dupla passagem em Fago/Mata Mourisca, Assanhas da Paz e S. Pedro, totalizando 418,68 kms, dos quais 118,64 a serem disputados em contra-relógio.