Rally dos Sertões: Honda Mobil domina o Prólogo das Motas

Rally dos Sertões: Honda Mobil domina o Prólogo das Motas

198

A Honda Mobil de Rali começou com o ‘pé direito’ o Rally dos Sertões 2015. Três dos quatro pilotos que compõem o esquadrão vermelho oficial da montadora japonesa na categoria motos ocuparam as três primeiras posições no Prólogo, actividade que definiu neste Sábado (01), no Autódromo de Goiânia, a ordem de largada da primeira etapa da competição. Com o tempo de 1min10s7, Dário Júlio foi o mais rápido do dia e agora terá a missão de abrir a especial deste Domingo (2), que contará com 205,74 quilómetros, entre Goiânia (GO) e Rio Verde (GO).

Em formato 1×1, os competidores lutaram na corrida contra-relógio, num percurso inédito, 100% no asfalto. O trajecto de 1.900 metros, no anel interno do circuito, foi a grande novidade deste início da 23ª edição da prova. Surpreso com o resultado, Dário Júlio festejou o feito.

Foi muito inesperado. Nenhum de nós tem experiência de correr contra o relógio no modo de rali no asfalto. Hoje pela manhã, Tunico e eu fizemos um treinamento no estacionamento do autódromo, fazendo curvas, para tirar a cera do pneu. Tive sorte porque larguei junto com o Tunico, um empurrou o outro. Estou mais feliz ainda porque tivemos três pilotos da Honda podendo abrir o rali”, destaca o competidor de Lavras (MG).

Já o estreante Tunico Maciel, segundo colocado com o tempo de 1min11s6, revelou um ‘frio na barriga’ com a actividade.

Foi um pouco tenso porque não estamos acostumados com o asfalto. Mas foi bem bacana, diferente, procurei não errar. Deu tudo certo. Valeu a experiência”, comenta o mineiro, que utiliza a CRF 450X.

Outro novato no Rally dos Sertões 2015, o francês Adrien Metge ficou com o terceiro lugar.

Nunca tinha corrido num formato assim. Tive até certo receio, pois não estou acostumado. Mas procurei largar tranquilo. Consegui uma boa posição e sei que terei na minha frente Dário e Tunico”, diz o europeu da Honda.

Estratégia. Foi assim que o pentacampeão da prova Jean Azevedo, também da Honda Mobil de Rali, definiu a oitava colocação no Prólogo. Sem forçar, o paulista de São José dos Campos, que completa a sua 21ª participação na mais importante competição off-road do país, saiu satisfeito com o resultado.

Este ano a organização inovou, colocou o Prólogo no asfalto. Procurei não correr riscos, pois o asfalto com estes pneus de rali é bem perigoso. O meu objectivo era ficar entre os 10 primeiros para ter um intervalo de largada de dois em dois minutos. E consegui. Amanhã começa p’ra valer”, complementa.

Prólogo Motas (resultado não oficial – top-5)

1º Dário Júlio #15 – Honda Mobil, 1min10s7
2º Tunico Maciel #16 – Honda Mobil, 1min11s6
3º Adrien Metge (FRA) #9 – Honda Mobil, 1min11s7
4º Ricardo Martins #3, 1min12s
5º Tiago Fantozzi #21, 1min12s7
8º Jean Azevedo #1 – Honda Mobil, 1min14s8