Rally de Portugal 2017: Pedro Antunes venceu a 2RM do CNR

Rally de Portugal 2017: Pedro Antunes venceu a 2RM do CNR

Pedro Antunes e Paulo Leones lideraram o Nacional de Ralis 2 Rodas Motrizes a partir da 2ª PE para não mais largar, garantindo a 3ª vitória, reforçando a liderança com uma boa margem de pontos para o 2º classificado

38

Pedro Antunes e Paulo Leones tiveram uma exibição de grande nível no mítico Rally de Portugal, que na presente edição além de ser pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) foi também para o Nacional de Ralis (CNR).

O piloto do Peugeot 208 R2 partiu com a ambição de regressar às vitórias, mas com a noção de ter pela frente uma prova dura e exigente, onde seria fundamental gerir bem o andamento e o seu Peugeot de forma a não deitar tudo a perder.

Mas, a exemplo das outras provas, a dupla voltou a conseguir uma notável performance, liderando o Nacional de Ralis 2 Rodas Motrizes a partir da 2ª PE para não mais largar e desta forma garantir a 3ª vitória esta época no campeonato, que lhes permite reforçar a liderança do mesmo com uma boa margem de pontos para o 2º classificado.

Além desta vitória, o piloto de Torres Vedras conseguiu uma notável exibição na classificação geral, conseguindo com um carro de apenas 2 rodas motrizes rodar na 3ª posição da geral, perdendo o lugar mais baixo do pódio apenas na última especial pontuável para o Nacional de Ralis, que terminou à 1ª passagem por Amarante no Sábado, devido a problemas de caixa de velocidades, que além do tempo perdido lhes impediram também de prosseguir em prova e assegurar um lugar no pódio no WRC3.

Em resumo, o piloto apoiado por Mototorres, GDAuto, Agri Power, Quinta de Jugais e LusoVini terminou a 5ª ronda do Nacional de Ralis na 5ª posição absoluta, 1º entre as 2 Rodas Motrizes e também RC4.

“Estou muito satisfeito por voltar às vitórias no campeonato nacional, ainda para mais num rali fantástico como é o Rally de Portugal. Não foi uma vitória fácil, com muitos percalços de início ao fim da prova, mas conseguimos cumprir o objectivo em pleno!

É realmente fantástico poder participar num rali desta dimensão, onde sem dúvida o público faz desta prova um momento único e muito especial! Gostava de ter continuado a participar nesta grande ‘festa’, mas infelizmente um problema de caixa de velocidades obrigou-nos a desistir na etapa de Sábado”, comentou Pedro Antunes.

A próxima prova será o Rallye Vidreiro, a 9 e 10 de Junho.