Rally de Portugal 2017: Joaquim Alves termina CNR em 2º e continua...

Rally de Portugal 2017: Joaquim Alves termina CNR em 2º e continua no WRC

Joaquim Alves e Luís Ramalho alcançaram o 2º lugar na prova nacional que contou com 12 troços cronometrados, continuando depois em prova durante mais sete especiais de classificação, à espera de um bom registo na edição deste ano do Vodafone Rally de Portugal

76

Em ano de estreia absoluta no Vodafone Rally de Portugal, Joaquim Alves acabou por alcançar um resultado fantástico para o Campeonato Nacional de Ralis (CNR). O piloto de Cesar levou o Ford Fiesta R5 à 2ª posição durante 12 troços cronometrados bastante duros e exigentes, ao nível de uma das melhores provas do Campeonato do Mundo de Ralis. Para ele, este foi o melhor resultado de sempre alcançado numa prova pontuável para o CNR.

“Foi na verdade um bom resultado alcançado numa prova longa e dura. Para mim foi uma experiência totalmente nova num rali diferente, onde acabei por conseguir adequar o ritmo às exigências da dureza do traçado”, afirmou, naturalmente satisfeito Joaquim Alves, que promete ainda mais, ao apontar terminar também uma prova do WRC.

“Vou tentar chegar ao fim de uma prova do Campeonato do Mundo de Ralis. Depois do excelente resultado obtido para o Campeonato Nacional, seria sem dúvida uma dupla vitória”, rematou Joaquim Alves.

Para a ARC Sport a importância de estar presente numa prova do WRC é sempre um factor estimulante, apesar do elevado grau de profissionalismo e entrega que sempre caracterizou toda a equipa.

“Estamos naturalmente muito felizes com o excelente resultado que o Joaquim Alves e o Luís Ramalho conseguiram alcançar num rali com níveis de exigência tão elevados. Trabalhámos para que fosse possível chegar até aqui e agora vamos também fazer tudo para que a equipa consiga terminar uma prova do mundial de ralis. Para já estamos todos de parabéns”, disse Augusto Ramiro.

Joaquim Alves e Luís Ramalho alcançaram o 2º lugar na prova nacional que contou com 12 troços cronometrados, continuando depois em prova durante mais sete especiais de classificação, à espera de um bom registo na edição deste ano do Vodafone Rally de Portugal.