Rally Dakar 2017: Três camiões Iveco no top-10 da 11ª Etapa

Rally Dakar 2017: Três camiões Iveco no top-10 da 11ª Etapa

Gerard de Rooy colocou o seu IVECO entre os 5 primeiros a cortar a linha de meta da 11ª Etapa, mas não conseguiu diminuir a distância para os líderes

49

O Rally Dakar 2017 está a chegar ao fim. A caravana de camiões que sobreviveram às duras condições ao longo das primeiras 11 Etapas, chegou ao bivouac montado em Río Cuarto, na província de Córdoba, após 290 km de competição em dunas e pistas tipo WRC, e depois de cumpridos os quase 500 km de ligação desde a partida em San Juan.

Depois da complicações nas primeiras etapas devido a furos no seu Powerstar #500, Gerard de Rooy colocou o seu IVECO entre os cinco primeiros a cortar a linha de meta da 11ª Etapa, mas não conseguiu diminuir a distância para os comandantes da prova, devido ao muito pó que esteve presente numa boa parte da jornada. O líder do Team PETRONAS De Rooy IVECO terminou o dia no 5º lugar, com mais 14m41s do que o vencedor da Etapa, Eduard Nikolaev.

“Durante os últimos 100 km conduzi atrás de uma enorme nuvem de pó e tinha de contar com as árvores nas bermas. Era impossível ultrapassar, pois o risco de destruir completamente o camião era enorme”, declarou o próprio De Rooy à chegada.

Ao volante do seu Iveco Trakker #507, Ton van Genugten acabou a Etapa muito perto do seu companheiro de equipa De Rooy, com menos de três minutos de diferença. Com este resultado, o piloto holandês foi o 6º mais rápido, apenas a 17m4m do vencedor, o que evidencia bem o seu grande desempenho ao longo das especiais do Rally Dakar 2017.

Por sua vez, Wuf van Ginkel arrancou para a 11ª Etapa com apenas um minuto diferença para Van Genugten e cortou a meta na 8ª posição, com mais cinco minutos do que o seu colega de equipa e mais 22m43s do que o vencedor. Graças a este resultado, os três camiões do Team PETRONAS De Rooy IVECO colocaram-se entre os 10 primeiros da Etapa.

Já Federico Villagra esteve mesmo muito perto de vencer a Etapa, tendo perdido a liderança para Eduard Nikolaev perto do fim o dia, cortando a meta com uma diferença de somente 52s para o russo. Assim, o piloto argentino e o seu Iveco Powerstar #502 ocupam agora o 4º posto da Geral.

O Rally Dakar 2017 chega ao seu destino hoje (Sábado), em Bueno Aires, onde, depois de cumpridos os 900 km da Etapa, os vencedores serão coroados na habitual rampa junto à meta. Mas antes desta cerimónia, os concorrentes terão de cumprir um circuito de 64 km em Rio Cuarto que irá proclamar os vencedores desta 39ª edição da prova.

Classificação da 11ª etapa do Rally Dakar 2017 (Camiões)

1º Eduard Nikolaev (Kamaz), 3h56m47s
2º Federico Villagra (IVECO), +52s
3º Airat Mardeev (Kamaz), +9m53s
4º Dmitry Stonikov (Kamaz), +11m54s
5º Gerard de Rooy (IVECO), +14m41s

6º Ton van Genugten (IVECO), +17m40s

8º Wuf van Ginkel (IVECO), +22m43s

Classificação Geral do Rally Dakar 2017 (Camiões, após a 11ª etapa)

1º Eduard Nikolaev (Kamaz), 27h23m59s
2º Dmitry Sotnikov (Kamaz), +17m09s
3º Gerard de Rooy (IVECO), +38m58s
4º Federico Villagra (IVECO), +58m39s
5º Airat Mardeev (Kamaz), +2h26m53s

15º Ton van Genugten (IVECO), +6h55m21s
16º Wuf van Ginkel (IVECO), +8h17m08s