Rally Dakar 2017: Iveco de novo no pódio do rali mais duro...

Rally Dakar 2017: Iveco de novo no pódio do rali mais duro do mundo

Líder do Team PETRONAS De Rooy IVECO e vencedor das edições de 2012 e 2016 do Dakar com a IVECO, Gerard de Rooy colocou o seu Powerstar no 3º lugar do pódio

62

O Rally Dakar 2017 chegou ontem ao fim, com a realização da 12ª Etapa. Cumprindo uma curtíssima Especial de 64 km à volta de Río Cuarto, os participantes conduziram os seus veículos até à linha de chegada para concluir o rally-raid mais difícil do mundo.

Líder do Team PETRONAS De Rooy IVECO e vencedor das edições de 2012 e 2016 do Dakar com a IVECO, Gerard de Rooy colocou o seu Powerstar no 3º lugar do pódio, depois de uma semana cheia de adversidades e em constante luta com os seus mais directos adversários.

Apesar de ter estado no comando da prova, o piloto holandês debateu-se com diversos furos no decorrer das etapas, fruto dos quais o veterano piloto cairia diversos lugares na classificação, ficando atrás de diversos outros veículos, o que lhe dificultou bastante a condução. Com muita poeira na sua frente e muito poucas oportunidades para ultrapassar, De Rooy viu as suas hipóteses de recuperar a liderança cada vez mais limitadas.

Aproveitando a potência e eficácia do seu Powerstar, fundamentais na sua tentativa, o piloto holandês conseguiu rubricar mais um lugar no pódio, terminando no 3º posto, a 41m19s do vencedor do Rally Dakar deste ano, Eduard Nikolaev.

Nas últimas etapas, os IVECO Trakker de Ton van Genugten e Wuf van Ginkel andaram sempre juntos e conseguiram subir alguns lugares na classificação, mesmo depois de terem perdido mais de seis horas com os seus camiões atolados na lama. Ao volante do camião #507, Ton van Genugten concluiu a prova na 16ª posição, com quase mais seis horas de diferença para o líder, ficando Van Ginkel logo atrás do seu colega de equipa, a mais de oito horas.

Aos comandos de outro IVECO Powerstar, Federico Villagra terminou o Rally Dakar de 2017 logo atrás de De Rooy, ou seja, no 4º posto. O piloto argentino não conseguiu repetir o 3º lugar alcançado no ano passado e ficou também por realizar o seu objectivo de vencer uma Etapa. No entanto, nesta que foi a sua segunda participação com a IVECO, Villagra mostrou bem todo o seu potencial.

Classificação da 12ª etapa do Rally Dakar 2017 (Camiões)

1º Eduard Nikolaev (Kamaz), 34m25s
2º Airat Mardeev (Kamaz), +33s
3º Siarhei Viazovich (Maz), +44s
4º Peter Versluis (MAN), +1m09s
5º Federico Villagra (IVECO), +1m25s

8º Gerard de Rooy (IVECO), +2m21s

10º Wuf van Ginkel (IVECO), +2m40s
11º Ton van Genugten (IVECO), +2m42s

Classificação Geral do Rally Dakar 2017 (Camiões, após a 12ª etapa)

1º Eduard Nikolaev (Kamaz), 27h58m24s
2º Dmitry Sotnikov (Kamaz), +18m58s
3º Gerard de Rooy (IVECO), +41m19s
4º Federico Villagra (IVECO), +1h00m04s
5º Airat Mardeev (Kamaz), +2h26m50s

15º Ton van Genugten (IVECO), +6h58m03s
16º Wuf van Ginkel (IVECO), +8h19m48s