Rally da Ilha é a 2ª etapa na luta pelo título das...

Rally da Ilha é a 2ª etapa na luta pelo título das Motos no Brasileiro

19

A oitava edição do Rally da Ilha será realizada entre os dias 10 e 12 de Abril, no litoral sul paulista, com base na Estância Balneária de Ilha Comprida. Válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja nas categorias Motos, Quads e UTV’s, a competição promete muita emoção, uma vez que será a segunda etapa para a disputa dos campeões da temporada 2015. O piloto Ramon Sacilotti é o grande vencedor do rali nas Motos e será a oportunidade do bicampeão do Rally da Ilha ratificar o resultado.

Ramon Sacilotti - Kawasaki RinaldiRamon está inscrito na categoria Super Production com a moto KX450F, da equipa Kawasaki – Rinaldi, já participou em cinco edições do Rally da Ilha e foi campeão em 2012 e 2013.

A expectativa para o Rally da Ilha é sempre grande, já ganhei duas vezes, porém no ano passado tive uma queda forte e não terminei. Tenho treinado muito e estou muito confiante“, disse.

O campeonato 2015 provavelmente é o mais disputado dos últimos anos, temos quatro ou cinco pilotos com chances reais de ganhar qualquer prova a qualquer dia. Vai exigir além da velocidade, regularidade nos resultados para poder conquistar este título. Felizmente sou um dos candidatos e vou lutar com todas as forças“, declarou o piloto de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, São Paulo, que conta com o patrocínio da Alpinestars, Stocovich, Fas Graficos e Red Dragon.

Para Rodolpho Costa o objectivo é vencer.

A expectativa é de uma prova muito competitiva, todos estão num ritmo muito forte. Espero um bom resultado, pois é uma etapa onde me sinto muito à vontade e costumo andar bem“, contou o piloto, que faz a sua quarta participação no evento e estará com a KX 450F/Super Production na equipa Bike Box Kawasaki.

Na categoria Production Aberta e pela equipa GP Sports estará Guilherme Piva.

Será a minha quarta participação e é uma das melhores provas do calendário do Campeonato Brasileiro. O piso predominante é areia e gosto muito de pilotar nesse tipo de terreno. O evento tem um bom nível técnico haja visto que a pilotagem na areia é mais desgastante. E ainda conta com especiais rápidas, por isso tem que atacar do início ao fim, porque a prova define-se em pouco tempo. O Arena sempre faz excelentes ralis, muito seguros. Espero conseguir um bom resultado, tenho treinado bastante p’ra isso“, explica o representante mineiro de Patos de Minas.

O Rally da Ilha é diferente de todas as outras etapas do Brasileiro de Baja por acontecer num terreno quase totalmente arenoso. É muito boa de se pilotar e a minha expectativa é fazer uma boa corrida, darei o meu melhor e espero ficar entre os primeiros da categoria“, declara Moara Sacilotti, irmã de Ramon, que também compete na categoria Motos, na categoria Production Aberta, e que estará ao comando da Kawasaki KLX, da equipa Kawasaki – Rinaldi, na sua quinta participação no Rally da Ilha.

Em todas estas categorias, a situação deve ser bem acirrada e interessante, em trechos mistos de terra e areia. A organização está a preparar trechos eficientes, que beneficiarão todas as categorias, proporcionando muita técnica, aventura e emoção. Tudo isso tendo como cenário lindas paisagens naturais do litoral sul paulista.

Entre as novidades deste ano, além da pista do Super Prime anexo à Box, construímos uma pista de velocidade na largada da especial, ao norte da Ilha, o apoio e o público poderá assistir a um belo espectáculo“, declara o director de prova Henrique Arena.

Os interessados em participar num dos ralis mais técnicos da temporada poderão confirmar presença até sexta-feira (10) no site oficial do Rally da Ilha, onde também estão mais informações sobre o evento.