Ralicross e Kartcross: Um ano de mudança com novo promotor

Ralicross e Kartcross: Um ano de mudança com novo promotor

35

A temporada de Ralicross, que se inicia em Lousada já nos próximos dias 11 e 12 deste mês de Abril, vai marcar o ano da mudança em dois Campeonatos Nacionais das mais espectaculares disciplinas do desporto automóvel: o Ralicross e o Kartcross.

RalicrossUma mudança também marcada pela presença de um novo Promotor, a empresa Completa Mente – Comunicação e Eventos, Lda. Um passo em frente para uma maior divulgação destas modalidades, baseado na experiência da promoção do Campeonato Nacional de Montanha nos dois últimos anos.

Esta época, os dois Campeonatos – Ralicross e Kartcross – voltam a ter oito provas no seu calendário. A primeira vai ser no Eurocircuito de Lousada, nos referidos dias 11 e 12 deste mês e termina, seis meses depois, no mesmo circuito. Pelo meio, ficam duas provas em cada uma das pistas de Sever do Vouga e Montalegre, bem como jornadas únicas em Castelo Branco e Mação.

Juntamente com estes Campeonatos, realiza-se um Troféu denominado Super Buggy, destinado a uma categoria de monolugares. Estes somente vão correr nas cinco provas iniciais. Uma em cada um dos circuitos.

Quanto a regulamentos, as categorias do Ralicross são as mesmas do ano passado: Super Car, a divisão rainha, onde competem carros com mais de 500 cavalos de potência e acelerações idênticas às dos Fórmulas 1; Super 1600 e Super 2000, para carros de tracção a duas rodas, também dos mais rápidos em pista; Depois, duas categorias Nacionais, uma para carros de tracção total, outra para os de duas rodas motrizes, com cilindradas que podem ir até aos 4 litros. Tudo isto, sem esquecermos o Campeonato de Iniciação, onde começam a competir jovens desde os 13 anos.

O outro Campeonato, o de Kartcross, este ano promete forte subida quanto ao número de pilotos. São pequenos monolugares, com motores de 660 cc., que costumam fazer os melhores ‘cronos’ em muitas das pistas.

Novidades quanto a ‘máquinas’, vão ser algumas, mas o ‘véu’ só será totalmente levantado dentro de uma semana, em Lousada. Contudo, a maior de todas é a presença de um Citroën DS3, que já foi pilotado por Sebastien Loëb. Entre nós, o piloto desse Super Car será Mário Barbosa.

Outra novidade será a presença de pilotos espanhóis, tanto no Ralicross como no Kartcross. Quatro deles competirão em todas as jornadas.

As corridas desta duas modalidades disputam-se em circuitos de pisos mistos, terra e asfalto, e proporcionam momentos inesquecíveis aos muitos espectadores, que nunca deixam de estar presentes.

Por fim, de realçar que quanto a Campeonatos do Mundo, há somente cinco disciplinas contempladas. Uma delas é o Ralicross. Isso fala, só por si, quanto é espectacularidade desta modalidade.

PARTILHAR