Rali de Marrocos 2017: Peugeot Sport tem etapa difícil mas produtiva

Rali de Marrocos 2017: Peugeot Sport tem etapa difícil mas produtiva

Os dois PEUGEOT 3008DKR depararam-se com problemas mecânicos, que os engenheiros da Peugeot Sport irão, agora, analisar atentamente nas oficinas de Paris, para melhor se preparar o próximo Dakar.

16

Sébastien Loeb - Rali de Marrocos 2017 - 4ª EtapaA 2ª parte da Etapa Maratona do Rali de Marrocos mostrou-se madrasta para o #DreamTeam da Peugeot Total. Reduzido em extensão mas mantendo-se complicado, o percurso da Etapa 4 permitiu à equipa a recolha de novas informações técnicas.

Os dois PEUGEOT 3008DKR depararam-se com problemas mecânicos, que os engenheiros da Peugeot Sport irão, agora, analisar atentamente nas oficinas de Paris, para melhor se preparar o próximo Dakar.

Após o 5º dia do Rali de Marrocos, Sébastien Loeb e Daniel Elena ocupam a 2ª posição na prova. Tal deveu-se a uma quebra de um amortecedor, depois de embaterem numa vala profunda, numa zona marcada no roadbook como ‘Danger 1’. Atingindo o final da Etapa a um ritmo bem mais moderado, substituíram depois as peças afectadas, antes de retomar a estrada de ligação até ao bivouac.

Assim, a dupla irá partir para o último dia com 6m42s de atraso para o novo líder, depois terem liderado a classificação desde o início da prova.

A situação foi ainda pior para Carlos Sainz e Lucas Cruz que, depois de uma incrível recuperação na Etapa da véspera, viram-se agora sem hipótese de adoptar o mesmo ritmo. Também afectados por uma quebra de um amortecedor, a dupla espanhola viu-se forçada a parar 20 minutos na pista para substituição da estrutura.

Cumpriram, depois, os últimos 16 km da Especial a uma velocidade de apenas 40 km/h, terminando-a no 28º lugar. À partida para a última Etapa, o PEUGEOT 3008DKR #310 ocupa a 12ª posição da Geral.