Rali de Guimarães: Um verdadeiro teste de asfalto para a ARC Sport

Rali de Guimarães: Um verdadeiro teste de asfalto para a ARC Sport

24

Ricardo Moura no Pódio

Ricardo Moura e António Costa já previam uma forte concorrência na primeira prova de asfalto do ano. No entanto, as previsões do tricampeão nacional de ralis, que sempre apontou para um lugar no pódio, acabaram por ser certeiras. O que não estava prevista era a diferença tão acentuada para os seus mais directos opositores. Ricardo Moura viria a terminar o Rally Cidade de Guimarães na 3ª posição.

Aloísio Monteiro - Rallye de Guimarães 2015O lugar está dentro do objectivo definido para esta prova mas, como é evidente, a distância para os nossos mais directos adversários foi muito grande. Onde foi possível comparar, tivemos prestações muito semelhantes às do ano passado com o Skoda. Portanto, é óbvio que teremos muito que trabalhar, se quisermos ser competitivos no asfalto. A verdade é que, desta vez, também tivemos uma tarefa difícil, pois o carro chegou apenas na 3ª feira anterior ao rali. Só tivemos uma assistência durante a prova, o que é insuficiente para acertar afinações do carro. Temos muito que trabalhar nos próximos quinze dias”, comentou Ricardo Moura.

Adruzilo Lopes ao nível dos melhores

É uma tarefa ingrata tentar colocar um carro manifestamente inferior ao nível dos mais competitivos. No entanto, foi o que Adruzilo Lopes e Vasco Ferreira fizeram com o Subaru Impreza de Grupo N. Não só venceram de forma natural o seu agrupamento, como também se intrometeram na luta com pilotos que tripularam carros ganhadores, tendo por diversas vezes rubricado melhores tempos que alguns R5 ou S2000. A equipa terminou no 6º lugar da geral.

Não comecei a prova como queria. Decidi arriscar, mas não resultou como esperava. Foi pena ter perdido tanto tempo de manhã com um peão mas, como é habitual, o carro esteve sempre à altura. O nosso objectivo foi totalmente alcançado, mas esta é uma guerra inglória”, disse Adruzilo Lopes.

Excelente estreia de Manuel Correia

Manuel Correia quis experimentar os ralis, fazendo uma pausa no campeonato de montanha. Com o Skoda Fabia S2000 e acompanhado da esposa, Isabel Pinto, a equipa acabou por fazer uma adaptação perfeita, com excelente entendimento entre piloto e navegadora. A satisfação não podia ser maior.

Foi uma grande alegria. Estou muito satisfeito, pois os ralis dão mesmo mais gozo que a montanha. É muito diferente, mas também é muito mais divertido. Lamento não poder fazer o campeonato devido a compromissos profissionais, mas tanto eu como a minha esposa adorámos esta experiência”, referiu Manuel Correia.

Ricardo Marques adorou a experiência

Com o objectivo de lutar por vitórias entre os carros de duas rodas motrizes, Ricardo Marques e Paulo Marques estrearam em Guimarães o novo Renault Clio R3 Turbo. Para além de uma saída de estrada no primeiro troço de Sábado, que obrigou a equipa a perder muito tempo, a adaptação ao novo carro foi excelente.

Foi uma adaptação fácil, com bons registos, excelentes evoluções e uma boa recuperação durante a tarde. O carro tem um chassis espectacular e mostrou um potencial de evolução muito grande. Foi pena que, logo no primeiro troço do dia, tivesse saído de estrada, e só com ajuda do público pudesse ter continuado, apesar de ter perdido mais de cinco minutos. A partir daí foi só mesmo testar, e garanto que o teste não podia ter sido melhor”, assegurou Ricardo Marques.

Uma experiência feliz pra Aloísio Monteiro

Depois de alguns ralis como navegador, José Aloísio Monteiro decidiu tomar conta dos comandos do Renault Clio R3 da ARC Sport. No banco do lado esteve Sancho Eiró, um campeão açoriano de vasto currículo. A primeira experiência foi bastante positiva.

Foi simplesmente um bom teste. Nunca me preocupei com tempos, nem com qualquer tipo de classificação. Esta foi uma aprendizagem fantástica e percebi que tenho uma boa margem para evoluir. Este foi o meu primeiro rali ao volante, terminámos a prova e eu quero continuar a aprender ao longo deste campeonato”, referiu, entusiasmado, Aloísio Monteiro.

ARC Sport com o dever cumprido

A formação de Aguiar da Beira contou nesta prova com cinco equipas. Todas terminaram o Rally Cidade de Guimarães e alcançaram os seus principais objectivos. O esforço e o empenho que todos os elementos da ARC Sport tiveram, mereceram nota de destaque.

Todos os colaboradores da ARC Sport revelaram-se simplesmente fantásticos ao longo de toda a prova. Os objectivos de todos os nossos pilotos foram conseguidos. O Ricardo Moura alcançou o pódio, o Adruzilo Lopes voltou a fazer um rali de elevado nível, a estreia do Renault Clio R3 do Ricardo Marques acabou por ser positiva, assim como as primeiras experiências de Manuel Correia e Aloísio Monteiro nos ralis. Os meus parabéns a todos eles”, disse Augusto Ramiro.