Rali de Espanha 2017: Kris Meeke dá nova vitória ao Citroen C3...

Rali de Espanha 2017: Kris Meeke dá nova vitória ao Citroen C3 WRC

Autores de 5 melhores tempos em 6 especiais, Kris Meeke e Paul Nagle mantiveram o seu domínio na última etapa do Rali de Espanha, dando, com isso, a segunda vitória ao Citroën C3 WRC na presente temporada.

29

Citroen Racing - Rali de Espanha 2017 - PódioAutores de 5 melhores tempos em 6 especiais, Kris Meeke e Paul Nagle mantiveram o seu domínio na última etapa do Rali de Espanha, dando, com isso, a segunda vitória ao Citroën C3 WRC na presente temporada.

Graças à 6ª posição de Stéphane Lefebvre e Gabin Moreau, a Citroën Total Abu Dhabi WRT somou, no final deste rali, o melhor conjunto de pontos de entre todos os Construtores.

A última Etapa do Rali da Espanha compôs-se de 6 Especiais. Para uma dupla passagem por Albiol, Riudecanyes e Santa Marina, encadeada e sem assistência intermédia, os pilotos da Citroën Total Abu Dhabi WRT levaram consigo 5 pneus Michelin Pilot Sport duros.

Disputada ainda durante a noite e sob condições que Kris Meeke aprecia particularmente, a primeira Especial deste último dia sorriu-lhe, com o piloto britânico a registar o tempo mais rápido.

Repetindo o feito nas duas Especiais seguintes, Meeke aumentou a diferença para Sébastien Ogier e Ott Tanak, terminando a primeira volta com uma margem de 23,9 segundo sobre o piloto francês, o seu adversário mais directo.

Capitalizando sobre a experiência do dia anterior, Stéphane Lefebvre elevou o seu nível de jogo, exercendo pressão sobre Mads Østberg. Empatando na ES14, em seguida, Lefebvre foi depois mais rápido nas duas Especiais seguintes, podendo ainda aproveitar as desistências de Lappi e de Neuville, ambos apanhados nas rasteiras do percurso catalão, ascendendo ao 6º lugar, 16 segundos atrás de Østberg.

Mas o jovem francês não poderia lutar até final, pois na ES17 deparou-se com problemas hidráulicos, somando-se uma falha nas comunicações, pelo que preferiu defender o seu 6º lugar final.

Entretanto, Meeke continuava com o seu show de condução, com dois novos melhores tempos na ES17 e ES18. Já na Power Stage levantou um pouco o pé para não arriscar, ainda assim assinando o 2º melhor tempo, para terminar o rali 28 segundos à frente de Ogier e 33 de Tanak.

Kris Meeke e Paul Nagle deram, assim, a 2ª vitória ao C3 WRC, depois da conquistada no México (em Março último), sendo também a 5ª na sua carreira, depois dos sucessos nos ralis da Argentina (2015), Portugal e Finlândia (2016) e México (2017) e a… 98ª da Citroen no WRC.

Autor de uma prova regular, Khalid Al Qassimi trouxe até final do Rali de Espanha o terceiro Citroën C3 WRC. Cada vez mais adaptado aos pisos em asfalto, o piloto de Abu Dhabi terminou no 17º lugar final.