Rali da Finlândia 2017: Resumo do Shakedown da Citroen Racing

Rali da Finlândia 2017: Resumo do Shakedown da Citroen Racing

Realizado na famosa espacial de Ruuhimäki, o shakedown desta manhã do Rali da Finlândia revelou ser uma experiência positiva para a Citroën Total Abu Dhabi WRT

41

Kris Meeke - Rali da Finlândia 2017 - ShakedownRealizado na famosa espacial de Ruuhimäki, o shakedown desta manhã do Rali da Finlândia revelou ser uma experiência positiva para a Citroën Total Abu Dhabi WRT: Kris Meeke foi o mais rápido e Craig Breen rubricou o 6º melhor tempo. Obtendo um bom feeling do carro, os pilotos do Citroën C3 WRC arrancam para a nona prova da temporada fortemente motivados.

Em contraste com as condições de instabilidade dos últimos dias, o tempo permaneceu seco durante toda a manhã. Os primeiros carros arrancaram às 08h00 (horas locais, 06h00 em Portugal) para o Shakedown realizado na Especial de Ruuhimäki, numa extensão de 4,62 km.

Kris Meeke foi um dos pilotos mais empenhados, completando cinco passagens durante a manhã. O piloto da Irlanda do Norte ficou satisfeito com o comportamento do seu C3 WRC, equipado com as mais recentes actualizações desenvolvidas pela Citröen Racing, estabelecendo o tempo mais rápido (2m14,3s) na sua quarta passagem.

Por sua vez, Craig Breen efectuou quatro passagens e, tal como o seu colega de equipa, gostou bastante do comportamento do carro. O seu tempo de 2m15,3s foi o sexto mais rápido da manhã.

No seu segundo rali da temporada, Khalid Al Qassimi procurou, acima de tudo, voltar a ambientar-se com o C3 WRC. Entre a sua primeira e quinta passagens, o piloto do Abu Dhabi ganhou mais de uma dezena de segundos.

O Rali da Finlândia prossegue ao final da tarde de hoje com a curta Super Especial de Harju (2,31 km) a partir das 19h00 locais (17h00 em Portugal). Depois os carros entram em Parque Fechado. A primeira Etapa (Sexta-feira) promete ser uma verdadeira maratona, com 12 Especiais disputadas ao longo de 15 horas.



Comentários

KRIS MEEKE
“Muitas vezes, o shakedown não é particularmente representativo das Especiais do rali, mas aqui tivemos um começo perfeito em estradas sinuosas e relativamente estreitas, seguidas da famosa secção Ruuhimäki, cujos saltos são muito parecidos com os de Ouninpohja. Assim, foi óptimo para fazer os últimos acertos, especialmente porque os nossos testes pré-rali foram dificultados pela chuva. Esta manhã, com as condições razoavelmente estáveis, consegui avaliar os melhoramentos introduzidos no carro. Ainda estou a habituar-me e a trabalhar em algumas coisas, mas o feeling é bom. Ainda há alguns melhoramentos a fazer no set-up do carro”.

CRAIG BREEN
“Senti-me bastante confiante no C3 WRC. Foi muito positivo obter um bom feeling depois dos testes anteriores ao rali, muito difíceis devido ao mau tempo. Os reconhecimentos também foram prejudicados pela chuva; portanto, foi muito bom termos tempo seco durante toda a manhã de hoje. Fizemos algumas alterações ao set-up depois das duas primeiras passagens e consegui melhorar na minha terceira passagem. O shakedown ajudou a aumentar a minha confiança”.

KHALID AL QASSIMI
“Esta manhã não foi nada fácil para mim, pois senti muita dificuldade em obter tracção. Fizemos muitas alterações ao set-up mas não surtiram o efeito desejado, por isso limitámo-nos a viver com o que temos. Penso que tenho de conhecer melhor o carro e fazer uma coisa de cada vez. Ao contrário do Kris e do Craig, testei sempre sem chuva, por isso espero que o tempo se mantenha seco durante o fim-de-semana”.

RALI DA FINLÂNDIA 2017 – SHAKEDOWN

1º Meeke / Nagle (Citroën C3 WRC) 2:14.3
2º Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) 2:14.4
3º Tänak / Jarveoja (Ford Fiesta WRC) 2:14.8
4º Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) 2:14.9
5º Sordo / Marti (Hyundai i20 WRC) 2:15.2
6º Breen / Martin (Citroën C3 WRC) 2:15.3
7º Østberg / Floene (Ford Fiesta WRC) 2:15.6
7º Paddon / Marshall (Hyundai i20 WRC) 2:15.6
9º Ogier / Ingrassia (Ford Fiesta WRC) 2:15.8
10º Lappi / Ferm (Toyota Yaris WRC) 2:16.0

14º Al Qassimi / Patterson (Citroën C3 WRC) 2:22.9