Rali Amarante Baião 2016: Competisport encara a prova com optimismo

Rali Amarante Baião 2016: Competisport encara a prova com optimismo

Mas a grande ambição é garantir a 3ª posição no Campeonato Absoluto, estando ainda em aberto o título na Taça FPAK Terra, onde a equipa ocupa a 2ª posição.

118

O Clube Automóvel de Amarante vai levar para a estrada mais uma edição do Rali de Amarante / Baião, a última prova do Campeonato de Ralis FPAK. A prova, que irá se disputar em pisos de terra, conta com a presença da Competisport, com a dupla Luís Mota e Alexandre Ramos, primando pela ausência a dupla Fernando Teotónio e Luís Morgadinho.

Para o piloto do Cartaxo, a prova é para encarar com optimismo, até porque a venceram na edição de 2015 com o mesmo Mitsubishi EVO VI com que irão estar à partida já na próxima Sexta-feira.

Luís Mota centra os seus objectivos num lugar de pódio, mas a grande ambição é garantir a 3ª posição no Campeonato Absoluto, estando ainda em aberto a luta pelo título na Taça de Ralis FPAK Terra, onde a equipa ocupa no momento a 2ª posição.

Em termos de Campeonato destinado às equipas, a Competisport lidera confortavelmente a competição, tendo praticamente o título já assegurado.

A prova será mais uma boa oportunidade para a equipa testar em pisos diferentes os novos pneus da MRF, depois da excelente vitória obtida por Fernando Teotónio na prova anterior, o Rallye de Arganil, sendo que na prova do CAA haverá mais equipas a apostar nestes novos compostos disponíveis pela MRF.

O Rali Amarante/Baião vai para a estrada na Sexta-feira (25 de Novembro), com a Super Especial de Amarante às 21h15. No Sábado segue-se uma dupla passagens nas especiais de Baião, Marão e Amarante, num total 247,91 kms entre os quais 74,95 disputados em contra-relógio. O pódio está previsto para as 17h35 em Amarante.