Projecto do IPDJ e da Fundação do Desporto aprovado pela AMA

Projecto do IPDJ e da Fundação do Desporto aprovado pela AMA

O eixo prioritário deste projecto prende-se, essencialmente, com o reforço da capacidade institucional das autoridades públicas e das partes interessadas, bem como a maximização da eficácia da administração pública.

70

Agência para a Modernização AdministrativaO projecto “Auto-avaliação, modernização e capacitação de processos no sector da Juventude e Desporto”, submetido pelo IPDJ em parceria com a Fundação do Desporto, foi aprovado pela Agência para a Modernização Administrativa (AMA), ao abrigo do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI).

A candidatura nº POCI-05-5762-FSE-000079, expedida no âmbito do aviso 03/SAMA2020/2016 para Operações de Capacitação da Administração Pública, resulta do desafio proposto pela Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, no sentido de implementar um processo de autoavaliação, modernização e capacitação de processos no setor da Juventude e Desporto.

Sendo que a Agência para a Modernização Administrativa (AMA) privilegia candidaturas institucionais conjuntas as entidades promotoras, abaixo designadas, concorreram à tipologia 3 – Capacitação e Metodologias da Qualidade e Gestão de Processos do referido aviso:

* Instituto Português do Desporto e da Juventude (entidade beneficiária)
* Cooperativa Movijovem (entidade copromotora)
* Fundação do Desporto (entidade copromotora)
* Fundação da Juventude (entidade copromotora)
* Agência Nacional Erasmus + Juventude em ação (entidade copromotora)
* Gabinete do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto (entidade colaboradora)

O eixo prioritário deste projecto prende-se, essencialmente, com o reforço da capacidade institucional das autoridades públicas e das partes interessadas, bem como a maximização da eficácia da administração pública.

Objectivos específicos do projecto

* Realizar um exercício de auto-avaliação utilizando o referencial CAF (Common Assessment Framework – instrumento europeu de gestão da qualidade para o sector público) em cada organização do sector, desenvolver e implementar planos de melhorias ao nível das organizações.

* Fazer um diagnóstico aos processos do sector, identificar processos críticos, implementar melhorias aos processos críticos identificados.

Benefícios esperados

Ao nível do CAF
* Avaliar o desempenho dos seus serviços, com base no modelo de auto-avaliação CAF, enquanto ferramenta da Gestão da Qualidade Total, inspirada no Modelo de Excelência.
* Melhorar o desempenho organizacional, através da implementação de acções que correspondam às oportunidades de melhorias diagnosticadas.
* Obter o reconhecimento externo do processo de implementação da CAF e dos resultados alcançados: o PEF – CAF User.

Ao nível da Gestão de Processos
* Desenvolver métodos de trabalho baseados na gestão por processos
* Estruturar a organização na abordagem de gestão por processos
* Reduzir suportes físicos
* Simplificar fluxos de informação
* Eliminar actividades que não acrescentam valor
* Optimizar tempos de resposta e monitorizar os processos
* Melhorar a satisfação dos stakeholders internos e externos

Assim, a prioridade de investimento, proveniente do Fundo Social Europeu outorgado, incide nas capacidades institucionais e na eficiência das administrações e dos serviços públicos a nível nacional, regional e local, a fim de promover reformas, melhorias legislativas e boa governança no setor da Juventude e Desporto.

A equipa de gestão de projecto será constituída por dois elementos do IPDJ, um elemento da Fundação do Desporto, bem como das restantes entidades copromotoras e, ainda, um representante do Gabinete do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto.