Portugal participa no Mundial de Tiro com Arco Outdoor 2017

Portugal participa no Mundial de Tiro com Arco Outdoor 2017

O Arqueiro Luís GONÇALVES vai representar Portugal no Campeonato do Mundo de Tiro com Arco Outdoor 2017, na Cidade do México, México.

18

World ArcheryA Federação Portuguesa de Tiro com Arco (FPTA) vai deslocar o arqueiro Luís Gonçalves, do Centro de Cultura e Desporto Sintrense, em arco recurvo, para participar no Campeonato do Mundo de Tiro com Arco Outdoor 2017, que se realiza na Cidade do México (México), entre os dias 15 e 22 de Outubro.

No Campeonato do Mundo de Tiro com Arco Outdoor 2017, realizado pela World Archery, vão estar presentes cerca de 350 participantes, com a final a realizar-se na quarta maior praça do mundo, a praça da constituição, ou conhecida localmente como ‘el Zócalo’. Apesar do terramoto de 19 de Setembro que atingiu 7.1 na escala de Richter, a organização garantiu que tudo irá seguir como planeado.

A competição divide-se em três categorias (individual, mista e por equipas) e em duas divisões (arco recurvo e compound). A qualificação na categoria Individual Recurvo, única com participação portuguesa, segue o formato normal da WA, onde os arqueiros se qualificam para a fase de eliminatórias após 72 flechas a 70 metros.

Esta ronda vai ser disputada no dia 16 de Outubro para seleccionar os 104 homens e mulheres com melhor pontuação em cada divisão. Os 16 melhores de cada género passam directamente à ronda de 16 avos.

Luís Gonçalves, atleta que vai representar as cores nacionais nesta deslocação ao México, já esteve presente por três vezes em competições internacionais. Nestas, alcançou o 183º lugar no Campeonato do Mundo de 2015, disputado na Dinamarca, entre 212 participantes, tendo no mesmo ano estado presente nas Universíadas, na Coreia do Sul, tendo chegando ao 33º lugar, entre 68 participantes.

No ano anterior, em 2014, teve a sua primeira participação internacional, no Campeonato do Mundo, na Arménia, alcançando o 33º lugar, entre 103 participantes.

O atleta irá acompanhado pelo seu treinador, José Almeida, com o qual já trabalha desde 2013, tendo em conjunto diversos títulos nacionais, quer individuais, quer por equipas. De realçar as equipas de Recurvo Séniores Homens do CCDS, que sob a orientação do treinador José Almeida, são Tri-Campeões Nacionais em Sala e em Campo nas épocas, 14/15, 15/16 e 16/17, sendo Luís Gonçalves integrante de todas elas.

Em termos institucionais, a Federação Portuguesa de Tiro com Arco foi fundada a 26-01-1962, completando já 55 anos de existência.

Desde o seu ano de fundação, e para além das diversas participações internacionais em Campeonatos do Mundo, Campeonatos da Europa e Taças do Mundo, Portugal, por meio da FPTA, já colocou quatro atletas em seis Jogos Olímpicos, contando assim com oito participações olímpicas:

* Pequim, 2008 – Nuno Pombo – 50º lugar ex-aequo – 64 participantes
* Sydney, 2000 – Nuno Pombo – 60º lugar – 64 participantes
* Atlanta, 1996 – Nuno Pombo – 58º lugar – 64 participantes
* Barcelona, 1992 – Anda de Sousa – 23º lugar – 61 participantes
* Seul, 1988 – Ana de Sousa – 37º lugar – 62 participantes
* Seul, 1988 – Carlos Reis – 66º lugar – 84 participantes
* Seul, 1988 – Rui Santos – 70º lugar – 84 participantes
* Los Angeles, 1984 – Rui Santos – 51º lugar – 62 participantes