Pirelli Challenge 2017: Início difícil para Álvaro Parente em Austin

Pirelli Challenge 2017: Início difícil para Álvaro Parente em Austin

A prova não podia ter corrido da pior forma para os homens do McLaren 650S amarelo, tendo um toque logo no arranque provocado danos no carro inglês, o que obrigou a que Ben Barnicoat abandonasse pouco depois para desapontamento de todos os membros da K-PAX Racing.

26

Álvaro Parente - Pirelli World Challenge 2017Álvaro Parente teve um início de fim-de-semana difícil no Circuit of the Americas, onde se realiza este fim-de-semana a nona ronda do Campeonato Americano de Carros de GT, mas ainda assim conseguiu assegurar um bom quarto lugar.

O fim-de-semana teve o seu início com um acerto de calendário, realizando-se na Sexta-feira a corrida Mosport, que foi cancelada devido ao mau tempo que se abateu sobre o circuito canadiano durante o mês de Maio.

A prova não podia ter corrido da pior forma para os homens do McLaren 650S amarelo, tendo um toque logo no arranque provocado danos no carro inglês, o que obrigou a que Ben Barnicoat abandonasse pouco depois para desapontamento de todos os membros da K-PAX Racing.

Para a primeira prova do evento do circuito situado nos arredores de Austin, Álvaro Parente, num esforço notável, assegurou o quarto lugar na grelha de partida, o que permitia à dupla luso-inglesa apontar para um bom resultado.

No entanto, logo no arranque, o piloto português foi vítima de um ligeiro toque de um adversário, o que o levou a perder um lugar, acabando por recuperar uma posição para entregar o McLaren a Ben Barnicoat na quarta posição. O inglês, apesar de algumas batalhas, cruzaria a linha de meta exactamente no mesmo lugar.

“Não está a ser um fim-de-semana fácil, falta-nos um pouco de competitividade relativamente aos nossos adversários. A prova de Sexta-feira não podia ter corrido pior e na primeira de Austin o quarto lugar era o máximo a que poderíamos aspirar e, mesmo assim, foi necessário darmos o nosso melhor e não cometer erros”, afirmou Álvaro Parente.

Para a segunda corrida do programa do evento do Circuit of the Americas, o McLaren 650S amarelos alinhará no décimo terceiro lugar da grelha de partida, o que promete mais um desafio hercúleo para a dupla luso-britânica, que nem por isso deixa de assumir que vai lutar por conseguir um bom resultado.

“Vamos ter uma prova complicada, certamente! Vamos arrancar muito de trás e, para assegurarmos uma boa classificação, vamos ter que dar o nosso melhor. O Ben vai realizar o primeiro turno e, como sempre, vamos dar o máximo, mas temos pela frente uma tarefa complicada”, apontou o piloto oficial da McLaren GT

A corrida de hoje terá o seu início às 18h30 e poderá ser seguida em directo através do website oficial do Pirelli World Challenge, em world-challenge.com/streamvideo.