Pireli Challenge 2017: Álvaro Parente vence a 1ª Corrida em Mid-Ohio

Pireli Challenge 2017: Álvaro Parente vence a 1ª Corrida em Mid-Ohio

Álvaro Parente esteve irrepreensível durante a primeira corrida do programa de Mid-Ohio do Pirelli World Challenge, que se realizou este Sábado, e conquistou a vitória, garantindo pelo caminho a volta mais rápida da prova

33

Álvaro Parente - Pirelli Challenge 2017 - Mid Ohio - 1ª CorridaÁlvaro Parente esteve irrepreensível durante a primeira corrida do programa de Mid-Ohio do Pirelli World Challenge, que se realizou este Sábado, e conquistou a vitória, garantindo pelo caminho a volta mais rápida da prova.

Depois de ter assegurado a pole-position para o confronto de abertura do programa, o piloto português estava em boa posição para garantir a sua terceira vitória da temporada e no arranque mostrou a sua intenção ao manter a sua vantagem.

Daí para a frente o piloto oficial da McLaren GT imprimiu um ritmo alucinante que ninguém conseguiu acompanhar, chegando a ter uma vantagem de mais de cinco segundos, quando uma situação de Safety-Car lhe negou todo o conforto que tinha construído.

Porém, Álvaro Parente não perdeu a concentração e no recomeço voltou a surpreender os seus adversários, recuperando rapidamente uma vantagem confortável, que lhe permitiu cruzar a linha de meta no primeiro lugar, conquistando o seu terceiro triunfo da época com uma vantagem de quase sete segundos sobre o segundo classificado.

“Foi uma corrida perfeita! O McLaren 650S estava muito bom, rápido e eficaz e permitiu-me atacar sempre que foi preciso. No início da corrida dei o máximo para poder criar uma vantagem para os meus adversários e depois gerir os pneus. O Safety-Car estragou um pouco os meus planos, mas conseguir voltar a construir uma boa vantagem para conquistar uma vitória que foi muito importante para toda a equipa”, afirmou o piloto português.

O domínio de Álvaro Parente foi evidente ao longo de toda a corrida, tendo liderado todas as voltas e assinando a volta mais rápida, o que lhe garante a pole-position para a prova de hoje e a perspectiva de mais um bom resultado. No entanto, o piloto sublinha a necessidade de continuar a dar o máximo.

“Estamos fortes e vamos arrancar novamente da pole-position, o que nos permite voltar a apontar para o degrau mais alto do pódio, mas vamos ter que estar novamente ao nosso melhor nível, uma vez que os nossos adversários estarão determinados para nos impedir de assegurar mais uma vitória”, concluiu o piloto oficial da McLaren GT.

A corrida de hoje terá o seu início às 17h00, hora de Lisboa, tendo a duração de cinquenta minutos.