Paulo Alberto é tricampeão do Arena Cross, Hector Assunção vence a MX2

Paulo Alberto é tricampeão do Arena Cross, Hector Assunção vence a MX2

153

O grito de tricampeão tomou conta da festa no pódio da quinta e última etapa do Arena Cross 2015, realizada neste Sábado (5), em Ilhabela (SP). O português Paulo Alberto conquistou o terceiro título da competição, sendo o primeiro da Pró. Em 2013 e 2014, o piloto da Honda Mobil levou de forma invicta o campeonato na MX2. Eeste ano, foi Hector Assunção o campeão da categoria para motos 250cc. Com esta conquista, o paulista fez a tríplice coroa na temporada, já que venceu também o Brasileiro de Motocross e a Copa Brasil de Motocross.

Para terminar o seu primeiro ano na principal classe do Arena Cross, Paulo Alberto superou fortes concorrentes e grandes desafios, porque a pontuação da etapa final foi a dobrar. Depois de ficar com a quinta colocação na primeira corrida, o português voou na pista e venceu a segunda prova.

Estou muito feliz com este terceiro título do Arena Cross. Foi uma temporada dura e de muito trabalho com toda a equipa Honda. Foram duas corridas intensas, terminei a primeira em quinto e, felizmente, venci a segunda”, conta Paulo que utiliza a CRF 450R.

O caminho de Hector, que até à penúltima etapa ocupava a terceira posição, também não foi fácil.

A minha missão hoje era vencer ou vencer. Estava bastante ansioso antes da prova. Fiz o que precisava e agora é festejar mais um título desta temporada”, salienta o campeão, com a CRF 250R, que tem no currículo o bicampeonato na Júnior (que hoje é a MX2) e um na antiga categoria 85cc (que hoje é a Júnior).

Resumo das corridas

1ª corrida Pró
Prova difícil para Paulo Alberto. O piloto da Honda Mobil sofreu uma queda nos treinos na semana passada e entrou na pista com dores nas costas. Mesmo assim, o piloto português conseguiu concluir a primeira bateria na quarta colocação. A vitória foi de Jean Ramos. O inglês Adam Chatfield, da Ipiranga IMS Levorin, terminou em segundo, seguido do equatoriano Jetro Salazar, da Escuderia X.

2ª corrida Pró
Quem saiu na frente foi Jetro Salazar, da Escuderia X, mas logo no início Paulo Alberto assumiu a liderança da corrida. O português administrou a vantagem para cruzar a linha de chegada na frente e levar o seu terceiro título do Arena Cross (dois na MX2 e um na Pró). Jetro finalizou em segundo e Adam Chatfield, em quarto.

MX2
Início de corrida acirradíssima para Hector Assunção, que pulou para a liderança na primeira curva, porém andou praticamente colado a Eduardo Lima e Fábio dos Santos. A partir da sétima volta, Hector conseguiu abrir vantagem e seguiu assim até ao final para vencer mais uma corrida e o título do campeonato 2015.

Júnior
Piloto da Dunas Team, Leonardo Cassarotti lutou até ao final pelo título da categoria Júnior. O curitibano fez uma boa largada e assumiu a liderança na segunda volta. Porém, no meio da corrida, o piloto da Dunas Team foi ultrapassado por Renan Goto, que venceu a prova electrizante do início ao fim. Destaque para a disputa entre Leonardo Almeida, também da Dunas Team, e Renato Paz pela terceira colocação. No final, Cassarotti terminou em segundo e com o vice-campeonato. Renato Paz ficou com o título. Leo Almeida errou no final e acabou em sétimo.

Foi uma óptima corrida e sei que batalhei até à última volta. Cometi alguns erros, mas estou muito feliz com este resultado. Agradeço o trabalho de toda a equipa pelo apoio durante todo o ano”, diz Cassarotti.

Resultados finais do campeonato Arena Cross 2015 (top-5)

Pró
1º Paulo Alberto #211, 220 pontos
2º Jean Ramos #10, 205
3º Carlos Campano #1, 157
4º Adam Chatfield #407, 156
5º Jetro Salazar #920, 147

MX2
1º Hector Assunção #30, 100 pontos
2º Eduardo Lima #2, 99
3º João Pedro Ribeiro #282, 83
4º Enzo Lopes #16, 79
5º Leonardo Souza #945, 59

Júnior
1º Renato Paz #101, 107 pontos
2º Leonardo Cassarotti #25, 101
3º Renan Goto #55, 87
4º Thiago Brenner #24, 79
5º Bruno Schmitz #40, 51