Panafrica Rally 2017: Sebastian Buhler foi o 4º mais rápido na 3ª...

Panafrica Rally 2017: Sebastian Buhler foi o 4º mais rápido na 3ª etapa

O piloto da Yamaha partiu de quinto lugar e foi o 3º a terminar a especial cronometrada; todavia, foi penalizado em 28 minutos, que o arrastou para a 9ª posição da classificação geral. Apesar desta penalização Buhler está apenas a 12 minutos do 4º lugar.

25

Sebastian Buhler - Panafrica Rally 2017Sebastian Bühler evidenciou uma vez mais um notável andamento ao ser o quarto mais rápido do Panafrica Rally na segunda parte da etapa maratona.

O piloto da Yamaha partiu de quinto lugar e foi o 3º a terminar a especial cronometrada; todavia, foi penalizado em 28 minutos, que o arrastou para a 9ª posição da classificação geral. Apesar desta penalização o jovem piloto português está apenas a 12 minutos do 4º lugar.

Aos comandos de uma Yamaha WR 450, com a qual percorreu os 138 quilómetros cronometrados da etapa, o jovem piloto falhou uma alteração no roadbook, um limite de velocidade não cumprido, o que condicionou a sua prestação.

Sebastian Bühler encara o sucedido como uma aprendizagem, mostra-se satisfeito com a sua performance até ao momento e revela o apreço pelas pistas rápidas.

“Têm sido dias duros. Hoje fizemos a segunda parte da etapa maratona. Foi a terceira deste rali e tanto ontem como hoje correu muito bem. Sinto que consigo navegar cada vez mais rápido e seguro, o que é muito bom para a minha evolução enquanto piloto. Sou um adepto das pistas rápidas marroquinas. O único senão está na penalização que levei, mas faz parte das corridas. Estar aqui é uma aprendizagem e é bom aprender com os erros”, revela o jovem piloto.

“Quero deixar um agradecimento ao mecânico Luís Miguel Jorge, que tem feito um trabalho excelente aqui em Marrocos”, acrescentou Buhler.

Hoje disputa-se a quarta etapa do Panafrica Rally, a mais longa desta edição, num total de 257 quilómetros contados ao cronómetro que como é habitual terá início e fim em Erfoud.

Classificação geral após a 3ª etapa

1º Joan Pedrero (Sherco), 8h03m47s; 2º Adrien Metge (Sherco), 8h06m58s; 3º Mario Patrão (KTM), 8h31m20s; 4º Daniel Oliveras (KTM), 8h45m39s (7); 5º Marc Solá (KTM), 8h47m11s 6º Iván Cervantes (KTM), 8h52m29s; 7º Txomin Arana (Husqvarna), 9h54m34s; 8º Joaquim Rodrigues (Hero), 8h55m36s (21m); 9º Sebastian Bühler (Yamaha), 8h57m41s (28). Entre () as penalizações da etapa de hoje.