Panafrica Rally 2017: Mário Patrão sobe ao 3º lugar da geral na...

Panafrica Rally 2017: Mário Patrão sobe ao 3º lugar da geral na 3ª etapa

Mário Patrão terminou a 3ª etapa do Panafrica Rally em 4º lugar. À sua frente ficaram somente os 2 pilotos oficiais da Sherco, Adrien Metge e Joan Pedrero, que abriram a pista, e o também piloto oficial espanhol Oriol Mena.

26

Mário Patrão - Panafrica Rally 2017 - 3ª EtapaMário Patrão concluiu hoje a segunda parte da etapa maratona na quarta posição e, com este resultado. ascendeu ao terceiro lugar da classificação geral do Panafrica Rally.

O piloto apoiado pelo Crédito Agrícola partiu para a especial de hoje da oitava posição, em função do resultado alcançado no final da primeira parte da etapa maratona disputada ontem. Hoje gastou 1h55m21s a cumprir os 138 quilómetros de sector selectivo do dia, tendo subido quatro posições relativamente ao dia de ontem.

À sua frente ficaram somente os dois pilotos oficiais da Sherco, Adrien Metge e Joan Pedrero, que abriram a pista, e o também piloto oficial espanhol Oriol Mena.

“A etapa maratona chegou ao final. O dia de ontem foi longo, com bastante navegação. Tudo correu como previsto e só posso dizer que está a ser um rali bastante positivo, tendo em conta o objectivo que traçámos ao participar nesta competição. Vamos continuar focados na navegação, que é o mais importante. Agradeço a todos os patrocinadores que nos permitira estar aqui”, salientou o piloto que conta com o apoio da Bau.

O piloto de Seia chega a esta prova depois de este ano ter contraído algumas lesões em competições nacionais, tem evidenciado um andamento muito regular, sem cometer erros ao longo desta edição do Panafrica Rally, o que lhe permitiu ter ascendido a esta posição de pódio.

Amanhã disputa-se a quarta etapa do Panafrica Rally, a mais longa desta edição, num total de 257 quilómetros contados ao cronómetro. Nesta etapa, tal como é também habitual nas demais, o percurso inicia-se e termina em Erfoud. A única excepção registou-se no dia de ontem, na primeira parte da etapa maratona, em que os pilotos ficaram acampados no deserto, de onde partiram para a especial de hoje.

Classificação geral após a 3ª etapa

1º Joan Pedrero (Sherco), 8h03m47s; 2º Adrien Metge (Sherco), 8h06m58s; 3º Mario Patrão (KTM), 8h31m20s; 4º Daniel Oliveras (KTM), 8h45m39s (7); 5º Marc Solá (KTM), 8h47m11s 6º Iván Cervantes (KTM), 8h52m29s; 7º Txomin Arana (Husqvarna), 9h54m34s; 8º Joaquim Rodrigues (Hero), 8h55m36s (21m); 9º Sebastian Bühler (Yamaha), 8h57m41s (28).