Panáfrica Rally 2017: João Rebelo Martins está de partida para Marrocos

Panáfrica Rally 2017: João Rebelo Martins está de partida para Marrocos

O piloto de Oliveira de Azeméis João Rebelo Martins, acompanhado por Valter Cardoso, será o único português a correr na categoria SSV do Panafrica Rally 2017.

27

João Rebelo Martins - Azeméis Super TT 2017João Rebelo Martins já está em contagem decrescente para a sua estreia numa competição de todo-o-terreno fora do território nacional. Acompanhado por Valter Cardoso, um navegador de créditos firmados na modalidade e nos ralis, João Rebelo Martins ultima todos os preparativos para competir de SSV no Panafrica Rally, grande maratona de todo-o-terreno que de 23 a 30 de Setembro vai percorrer as principais pistas africanas de Marrocos.

Nesta competição, que reúne cerca de uma centena de inscritos de diversas nacionalidades, estão envolvidos 11 portugueses, sendo que o piloto natural de Oliveira de Azeméis, conhecido pelo seu espírito aventureiro será o único a competir de SSV neste desafio para o qual contará também com o apoio da Vettra Motosport, que tem trabalhado afincadamente na preparação do Yamaha YXZ 1000 RSS e que foi modificado de modo a poder enfrentar as especificidades de uma competição desta natureza: depósito de maior dimensão, sistema de travagem e, dado o peso extra que o carro leva, novas afinações de suspensões.

A dureza do deserto não permite descurar a importância da navegação e, a pensar nisso, todos os equipamentos de navegação indispensáveis para a função de Valter Cardoso estão também já montados. O Yamaha amarelo, que ostenta as cores da ENI, leva ainda um pneu suplente e as rampas no tejadilho, assemelhando-se aos Peugeot que brilharam no Dakar.

João Rebelo Martins está prestes a cumprir um sonho e expectante relativamente a este novo e exigente desafio, mas ressalva que, em ano de estreia, o objectivo é fundamentalmente terminar esta maratona africana.

“Faltam poucos dias para que o sonho se comece a cumprir: competir no palco original do Dakar e pilotar nas dunas africanas. É a minha primeira participação numa prova internacional de Todo-o-Terreno, num piso onde nunca rolei e com adversários totalmente desconhecidos. Por isso, o grande e principal objectivo é terminar.

Serão seis dias muito longos e certamente com muitas dificuldades a transpor. Mas eu e o Valter vamos superá-los, estou certo disso! Terminar será uma vitória”.

Sobre o apoio da Vetrra Motosport a este projecto, o responsável pela equipa, Luís Borges, revela que “abraçamos esta grande aventura com o João Rebelo Martins, um piloto que desde 2012 já nos deu muitas alegrias e vamos também nós fazer a nossa primeira prova internacional de TT. Temos uma equipa muito motivada para dar o melhor e ajudar o João e o Valter a atingirem os seus objectivos”.

O Panafrica Rally concentra-se na cidade de Erfoud, com um percurso em forma de ‘boucle’, formato concebido para reunir estreantes, amadores e pilotos de elite nas mesmas pistas. A prova, que contará com um prólogo e cinco etapas, uma das quais maratona, num total de mais de 1300km, também vai passar em alguns sectores selectivos a zona de Merzouga, cruzando assim uma diversidade de paisagens e de terrenos que vai oscilar entre dunas e pistas duras e rápidas.