Nelson Piquet Júnior sai do ePrix de Nova Iorque sem marcar pontos

Nelson Piquet Júnior sai do ePrix de Nova Iorque sem marcar pontos

Problemas após o treino classificativo e durante a segunda corrida atrapalham o piloto brasileiro Nelson Piquet Jr, que abandona quase no fim do ePrix de Nova Iorque

40

Nelson Piquet Jr - Fórmula E 2017 - Nova IorquePrimeiro campeão mundial da FIA Fórmula E, Nelsinho Piquet teve um Domingo repleto de problemas na segunda prova da rodada dupla disputada nas ruas de Nova Iorque.

Depois de ter ficado em 16º no treino classificativo, o piloto da NextEV acabou relegado ao 20º e último lugar no grid – além de receber um acréscimo de dez segundos no pit-stop – devido à necessidade de reparos no ‘power train’ do carro antes da corrida, visando eliminar as panes da véspera, quando o piloto foi forçado a tirar o pé para não sobreaquecer as baterias.

Largando do fim do pelotão, Piquet Jr. ganhou uma posição na primeira volta e galgou mais quatro postos após problemas dos concorrentes na primeira metade da corrida.

Nelsinho fez o pit-stop num período de bandeira amarela em todo o circuito, no qual os carros têm de manter uma velocidade controlada sem ultrapassagens. No entanto, por uma falha de interpretação da equipa, a punição teria de ter sido paga em bandeira verde.

Depois do pit-stop, Piquet Jr voltou em 13º, mas foi obrigado pela direcção de prova a passar pelas boxes de novo em bandeira verde. No fim, Nelsinho recolheu o seu carro às boxes antes do fim da prova e acabou classificado na 16ª posição.

A última etapa da temporada 2016/2017 da FIA Fórmula E será disputada daqui a duas semanas no circuito montado nas ruas de Montreal, no Canadá.

“Depois da classificação, tivemos de trocar os e-motors do nosso carro porque o motor tinha problemas e iria quebrar na corrida. Você pode trocar alguns componentes durante o ano mas já tínhamos trocado todo o número permitido. Com isso, tomámos uma punição e não só tive de largar de último, como ainda teria de pagar mais dez segundos no pit-stop. Mas não se pode pagar essa punição se tiver em regime de safety-car. Eu entrei na box durante o Full Course Yellow, pensando que não podia pagar a punição, e a equipa não disse nada, pediu para fazer o pit-stop normal. Duas voltas depois veio a punição, mas o carro tinha problemas e os e-motors estavam esquentando”.