Nacional de Estrada 2016: Daniela Reis impõe-se com autoridade

Nacional de Estrada 2016: Daniela Reis impõe-se com autoridade

Daniela Reis atacou na segunda das dez voltas ao circuito. Foi acompanhada por Celina Carpinteiro e pela júnior Soraia Silva (Bairrada).

121

Daniela Reis (DN17 Poitou Charentes) ganhou hoje, em Vila Flor, a prova de fundo para elite feminina do Campeonato Nacional de Estrada. Dois dias depois de conquistar o título de contra-relógio, Daniela Reis fez uma espécie de exercício individual, cumprindo em solitário cerca de um terço dos 98 quilómetros da corrida.

Daniela Reis atacou na segunda das dez voltas ao circuito. Foi acompanhada por Celina Carpinteiro (5Quinas/Município de Albufeira) e pela júnior Soraia Silva (Bairrada). O trio manteve-se junto até à sétima volta, altura em que Daniela Reis se cansou da companhia e resolveu acabar a prova em solitário.

A vencedora completou o percurso em 2h59m31s, quase dobrando o pelotão. A adversária que mais resistiu ao poderio de Daniela Reis foi Celina Carpinteiro, que, à semelhança do que sucedeu no contra-relógio, foi a vice-campeã, gastando mais 5m48s. A terceira classificada foi Irina Coelho (5Quinas/Município de Albufeira), a 16m49s.

“Os campeonatos nacionais de estrada eram um objectivo para esta temporada. Sei que estou num bom momento de forma, mas não subestimo as minhas adversárias, até porque o percurso da prova de fundo era mais propício a algumas delas. Por isso, ataquei de longe e, felizmente, consegui distanciar-me. Fiquei feliz pela vitória e por ter sido a Celina a ficar na segunda posição”, afirmou Daniela Reis.

Soraia Silva viu premiada a ousadia de acompanhar as corredoras de elite Daniela Reis e Celina Carpinteiro, sagrando-se campeã nacional de júniores. Precisou de 2h26m53s para cobrir os 78,4 quilómetros de corrida. A segunda classificada foi Marta Branco (ASC/Focus Team/Vila do Conde), a 6m45s. Maria Martins fechou o pódio, a 13m33s.

A vencedora em cadetes foi Raquel Silva (5Quinas/Município de Albufeira), que completou os 58,8 quilómetros em 1h53m40s, menos 8 segundos do que a perseguidora mais directa, Jéssica Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde), e menos 17 segundos do que a terceira classificada, Nádia Henrique (Mato Cheirinhos/Liberty Seguros/Vila Galé). Foi o segundo título deste fim-de-semana para Raquel Silva, que já tinha conquistado o campeonato nacional de contra-relógio.

Também em masters assistimos ao triunfo na prova de fundo da corredora que venceu o contra-relógio, Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde). A campeã nacional terminou os 58,8 quilómetros de corrida em 1h53n21s, batendo ao sprint Elisete Sousa (5Quinas/Município de Albufeira). A terceira foi Marlene Emídio (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais), a 33 segundos.