Nacionais de Masters 2017: Campeões na luta do Contra-relógio

Nacionais de Masters 2017: Campeões na luta do Contra-relógio

A prova de contra-relógio individual, com 17,7 km de extensão abriu a disputa do Nacional de Masters e Elites Amadores. Em Reguengos de Monsaraz, os melhores 'veteranos' e elites amadores mediram forças repartidos entre cinco escalões

59

Nacionais de Estrada 2017 - Reguengos de Monsaraz - Pódio MastersReguengos de Monsaraz acolhe, este fim-de-semana, a disputa do Campeonato Nacional de Estrada de Masters e Elites Amadores.

A prova de contra-relógio individual, com 17,7 km de extensão – a mesma distância para todas as categorias – abriu a disputa do Campeonato Nacional de Masters e Elites Amadores. Na vila alentejana de Reguengos de Monsaraz, os melhores ‘veteranos’ e elites amadores mediram forças repartidos entre cinco escalões.

Na categoria de Elites Amadores, Pedro Henriques (Vulcal/Inplenitus-C.Ciclista do Centro) revelou-se o mais forte e foi consagrado campeão nacional, depois de cumprir o percurso em 24m19s. O colega de equipa David Pacheco foi segundo classificado, ao passo que o terceiro lugar foi para David Belo (Extremosul/Clinica de Pêra).

Na categoria de Masters 30, André Filipe (CPR A-dos-Barbas) foi quem festejou o título. Rodou a uma média superior a 45 km/h para superar, em 20 segundos, o registo de Gonçalo Santos (Vulcal/Inplenitus-C.Ciclista do Centro), vice-campeão nacional de contra-relógio. Gonçalo Brito (Chão das Donas/Burguer Ranch) foi terceiro classificado.

Na mais concorrida categoria em prova, a dos Masters 40, que maior número de participações contou, Alberto Amaral (Batotas/Ponte de Lima) impôs-se com o tempo de 23m44s, tendo Paulo Martins (UCA – União Ciclismo do Alentejo) registado o segundo melhor tempo, logo seguido por Humberto Silva (Peçamodovar/GF Pinto/CD Almodôvar), terceiro classificado.

Vítor Lourenço (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra C.Ciclismo) foi quem se impôs nos Masters 50, cumprindo a distância em 24m54s, num triunfo avantajado sobre Luís Gomes (Casa Benfica Almôdovar), com 25m45s, e José Afonso (Novabicineves/Azeméis é vida), 25m57s, respectivamente segundo e terceiro classificados.

Por fim, na categoria de Masters 60, Manuel Domingos (Casa Benfica Almodôvar) gastou 28m28s para se sagrar campeão nacional do escalão, levando a melhor sobre Joaquim Barreiros (UCA – União Ciclismo do Alentejo) e sobre Carlos Correia (BTT Loulé-BPI-Elevis), que fecharam o pódio.

O programa dos Campeonatos Nacionais de Masters e Elites Amadores prossegue amanhã com a disputa das provas de fundo, com diferente quilometragem para cada escalão.