Nacionais de Estrada 2017: Balanço positivo para os Júniores do Bombarralense

Nacionais de Estrada 2017: Balanço positivo para os Júniores do Bombarralense

O balanço da Bombarralense é positivo. A táctica delineada foi cumprida e a equipa mostrou-se de uma forma positiva, demonstrando do que é capaz. A equipa congratula todos os vencedores do fim-de-semana, nos diversos escalões, e agradece o apoio prestado no local ao longo dos 3 dias

36

Bombarralense - Campeonatos Nacionais de Estrada 2017Entre os dias 30 de Junho e 2 de Julho, o Sport Clube Escolar Bombarralense, com a sua equipa júnior, a Sicasal Liberty Seguros Bombarralense, marcou presença nos Campeonatos Nacionais de Estrada, em Castelo de Vide, com Leonel Firmino, Guilherme Simão, Francisco Duarte, Francisco Guerreiro, António Pintassilgo, Wilson Esperança, Rafael Costa, Bruno Valentim, Rodrigo Pereira e Rodrigo Duarte.

A competição começou com o Contra-Relógio individual, num total de 22,7 quilómetros. A equipa alinhou com Guilherme Simão e Francisco Guerreiro, dois júniores de 1º ano, com a intenção de evoluir na especialidade e adquirir experiência. Leonel Firmino estava escalonado, mas o percurso acidentado fez a equipa repensar na decisão, acabando o ciclista por não alinhar. A equipa congratula o vencedor do esforço individual, Afonso Silva (Sporting/Tavira/Formação).

Quanto à prova de fundo, tratou-se de um percurso de 26,6 quilómetros, percorrido por 6 vezes. A intenção era mostrar a camisola, colocando Guilherme Simão e Francisco Guerreiro na fuga do dia. Apenas o 2º conseguiu estar entre os fugitivos, no entanto, com a preciosa ajuda de Wilson Esperança. No pelotão, a equipa protegeu Francisco Duarte e Leonel Firmino, os dois atletas com melhor ponta de finalização, para o caso de chegada em grupo compacto.

A fuga foi alcançada à entrada da última volta, quando nela restavam apenas Fábio Costa (C.C. Barcelos/ AFF / Orbea / Onda) e Francisco Guerreiro. Houve um grupo intermédio, sem sucesso. No pelotão, Leonel Firmino caíra, onde partiu a roda da frente. A união de grupo prevaleceu mais uma vez, com Rodrigo Pereira a ceder a sua roda dianteira ao companheiro.

Com um pelotão bastante seleccionado, o Bombarral detinha metade dos seus ciclistas no pelotão quando Guilherme Mota (Alcobaça C C / Crédito Agrícola) atacou, de forma inalcançável. O jovem aproveitou a marcação entre favoritos e fez um contra-relógio até à vitória, alcançando e ultrapassando Fábio Costa que fechou no 2º posto.

Francisco Duarte tentou completar o pódio, no entanto a sua tentativa foi anulada a 2 quilómetros do final, sprintando Leonel Firmino para o 5º posto, sendo o 1º do pelotão. Os dois lugares anteriores foram ocupados por atletas que entretanto atacaram com o seu sucesso.

O balanço da equipa quanto aos Campeonatos Nacionais é positivo. A táctica delineada foi cumprida e a equipa mostrou-se de uma forma positiva, demonstrando do que é capaz. A equipa congratula todos os vencedores do fim-de-semana, nos diversos escalões e agradece o apoio prestado no local ao longo dos 3 dias. Segue-se agora o Grande Prémio de Mondego, no dia 9.