Nacionais de Clássicos abrem época com excelentes grelhas em Braga

Nacionais de Clássicos abrem época com excelentes grelhas em Braga

20

Os campeonatos de clássicos voltam à pista no próximo fim-de-semana, iniciando a época desportiva de 2015 no Circuito Vasco Sameiro em Braga. Com 52 carros em pista, pode-se afirmar que este é o melhor início de época que a ANPAC podia esperar, num retorno gratificante ao esforço que esta associação de pilotos tem desenvolvido em prol das corridas de clássicos de velocidade em Portugal.

ANPAC - Historic Racing 2015No Campeonato Nacional de Clássicos, 16 carros vão estar no arranque da temporada, com destaque para o regresso de Luís Barros. O piloto nortenho, que não definiu ainda se estará em Braga com o Porsche 930 ou o Ford Escort RS, vai ter de enfrentar a forte oposição constituída pelos Ford Escort RS de Rui Costa – campeão em 2014 – e Rui Alves.

Rui Azevedo em Ford Escort deixa o campeonato dos 1300, para se juntar ao novo campeonato de Grupo 1 na prova bracarense, esperando apresentar o seu novo Escort RS no Circuito do Estoril. Esta última competição será certamente um dos grandes polos de atracção do fim-de-semana, com o lote de candidatos ao triunfo a alargar-se ainda a Manuel Nogueira (Alfa Romeo), Paulo Duarte (VW Golf GTi) e Henrique Jordão (Porsche 924).

O campeão da categoria H71, Felipe Matias repete a aposta com o seu Lotus Elan, com a oposição a ser encabeçada pelo BMW 2002 de Francisco Pinto, entre outros. Na categoria H81, o vice-campeão de 2014, Fernando Xavier, tem nesta prova a oposição de Hernâni Conceição (VW Golf GTi), Jorge Cruz (BMW 323i) e Mário Marcão (BMW M535i).
No campeonato nacional de Grupo 5 adivinha-se uma luta bastante animada pela vitória entre Paulo Antunes (Datsun Sunny Excellent) e Paulo Sousa (Saab 96V4).

No que diz respeito ao campeonato onde os automóveis até 1300 são reis, a adesão é excelente, sendo de realçar a presença de 21 carros na grelha para este fim-de-semana em Braga.

Em Datsun 1200, José Fafiães inicia em Braga a defesa do ceptro conquistado nos Históricos 75 em 2014. Na luta pelo lugar mais alto do pódio neste campeonato (H75) vão estar os sempre rápidos Gonçalo Monteiro em Ford Escort, Vítor Araújo em Datsun 1200 e Fernando Charais (Datsun 120 Y).

Entre os carros da categoria H71, o Datsun 1200 do campeão Arnaldo Marques volta a ter forte oposição, com José Mota Freitas (Austin Cooper S), José Nogueira (Mini 1275GT), João Pedro Peixoto (Mini Cooper S) e Pedro Gaspar (Datsun 1200) na linha da frente em termos de candidatura às vitórias. Algumas das novas caras neste campeonato, como é o caso de Nuno Soares, Israel Pontes e Bruno Pires (regressado) – todos em Datsun 1200 -, podem também eles causar alguma surpresa e imiscuir-se na luta pelos primeiros lugares.

Especial destaque para o novo campeonato nacional Legends Cup, novidade absoluta no que diz respeito ao formato da competição, que sobe um degrau e passa de Taça a Campeonato Nacional, assumindo-se ao mesmo tempo como a grande alternativa às competições contemporâneas.

Na grelha de partida para este arranque de temporada haverá 16 carros, estando desde já garantido um aumento de competitividade, com a chegada de novos carros e a manutenção da grande maioria dos protagonistas de 2014. Com muitos carros e caras novas, não será fácil fazer uma antevisão dos favoritos. Apesar da saída do campeão Luís Barros, a família Barros continua bem representada nesta competição com Vasco Barros e Manuel Barros a tripularem um competitivo Mercedes 190 Ex-DTM e o já conhecido Ford Sierra RS500.

Realce ainda para a presença de mais um Mercedes 190E 2.3 16V pelas mãos de André Pimenta, assim como o Honda Integra Type R de Alexandre Nogueira (PH99), os Opel Kadett GSi de João Sousa e Marco Guerra (PH90) e os Toyota Carina E de Edgar Florindo e Kiko Mora (Jr.). Kiko Mora (Renault 5 GT Turbo) e José Meireles (Toyota Corolla Coupé GT) vão lutar pelos louros na categoria PH85.

Entre os carros até 1300, o campeão Paulo Mendes repete a presença com o seu Citroen AX Sport, numa categoria onde alinham ainda Abel Marques (Autobianchi A112 Abarth) e Carlos Gonçalves (Fiat Uno). Destaque ainda para a presença da piloto Sandra Fonseca, a única representante do sexo feminino em pista.