Mundial WEC 2017: Filipe Albuquerque no pódio em Nurburgring

Mundial WEC 2017: Filipe Albuquerque no pódio em Nurburgring

Filipe Albuquerque substituiu Nicolas Prost na Vaillante REBELLION e juntou-se a Bruno Senna e Julien Canal com o intuito de manter a equipa na luta pelo título

32

Vaillante Rebellion - FIA WEC 2017 - NurburgringFilipe Albuquerque subiu ao segundo lugar do pódio entre os LMP2 nas 6h de Nurburgring, prova pontuável para o Campeonato do Mundo de Resistência. O piloto português substituiu Nicolas Prost na Vallante REBELLION e juntou-se a Bruno Senna e Julien Canal com o intuito de manter a equipa na luta pelo título.

Depois do terceiro lugar na qualificação, que se viria a transformar em segundo, graças a uma penalização de um adversário, Filipe e os seus companheiros de equipa no Oreca deram o mais que puderam, mas não foi suficiente para superarem os adversários à sua frente.

“Fizemos uma excelente corrida, sem erros nem outras preocupações. Perdemos algum tempo nas ultrapassagens a carros mais atrasados e, infelizmente para nós, o piloto ‘silver’ do outro carro é excelente e fez um trabalho notável sem que fosse possível para mim ou para o Bruno recuperar a totalidade do tempo perdido”, começou por explicar Filipe Albuquerque.

Apesar de não terem chegado à tão desejada vitória, Filipe estava satisfeito com o resultado e com o seu trabalho.

“Fizemos o que podíamos e simplesmente não fomos os mais fortes. No que ao meu trabalho diz respeito, saio de Nurburgring com o sentimento de dever cumprido. Sei que a equipa está grata pelo meu trabalho e eu igualmente, por ter tido a oportunidade de disputar a prova. Adaptámo-nos todos muito bem e isso foi óptimo. Agora espero que a equipa continue a somar bons resultados e a manter-se na luta pelo título até ao final”, rematou o piloto português.

Agora a próxima prova de Albuquerque será já no próximos fim-de-semana na jornada de Red Bull Ring do European Le Mans Series.